sábado, 25 de setembro de 2021

Blogs

‘Jurassic World 3’: promete retornar às raízes da franquia

Segundo Daniel Dimanna do portal estadunidense ‘‘ScreenRant’’, Jurassic World: Dominion, terá a oportunidade única de retornar a franquia às raízes sci-fi do filme Jurassic Park original (1993). O diretor Collin Trevorrow deixou claro que este novo filme encerrará quase três décadas de narrativas movidas a dinossauros e, embora poucos detalhes sobre a história de ‘‘Jurassic World 3’’ sejam conhecidos, Dominion será um thriller de ficção científica que explorará os riscos do poder genético e da arrogância humana. Em tese, isso abre as portas para o mais recente filme da sequela ‘‘Jurassic World’’ incorporar temas de ficção científica de uma forma que as sequências anteriores não incorporaram.

Elenco principal de Jurassic Park I

Os filmes da trilogia ‘‘Jurassic Park’’ (1993 – 2001) e da sequela ‘‘Jurassic World’’ (2015 – 2022), é claro, sempre apresentaram elementos de ficção científica. Contudo, nesse contexto, em uma história que envolve criaturas pré-históricas sendo ressuscitadas nos tempos modernos por meio de experimentação genética e clonagem, uma ajuda generosa para contar histórias inspiradas na ciência é obviamente necessária. Nisso, enquanto a franquia está muito enraizada no gênero, a maioria dos filmes ainda precisa explorar e utilizar melhor os elementos que compõe a ficção científica de forma mais significativa. Partindo desta premissa, podemos enquadrar a franquia Jurassic Park (1993- 2022) mais como filme de ação e aventura, do que ficção científica.

Bora destrinchar melhor, o primeiro filme (1993) da clássica trilogia (1993-2001) combinou elementos de terror e aventura flutuando em traços de ficção científica, nele Spielberg criou um longa único que até hoje cativa milhões de pessoas ao redor desse nosso planeta azul. A sequela ‘‘Jurassic World’’ (2015-2022), se inclinou mais para o gênero de ação e aventura, traço herdado de seu longa anterior (‘‘Jurassic Park III’’ (2001), de Joe Johnston). ‘Dominion’ (lançamento previsto para 2022) será recheado de cenas de ação, sendo um imperdível filme de aventura estruturado em um thriller de ficção científica, o que permitirá ao espectador vivenciar melhor os temas, conceitos e questões que são a base da origem da série de filmes.

Elenco principal de Jurassic Park III

A chave para desvendar o potencial da ficção científica contida em ‘‘Jurassic World: Dominion’’ estará em com o longa irá lidar com os conceitos de engenharia genética e seus efeitos na humanidade. Conceitualmente, em toda a franquia Jurassic (1993 – 2022), os perigos da ciência que dá errado é sempre um fator motor no enredo geral dos longas. No entanto, os filmes mesclam isso com outros gêneros (como comentei acima). O primeiro filme (1993) da trilogia ‘Jurassic Park’ tem como premissa o gênero ficção científica, mas, em última análise, é um filme de ação e aventura com elementos de terror. Já na sequela ‘Jurassic World’, as mentes científicas por trás do novo parque criam um novo dinossauro que erroneamente pensam poder controlar – mas, novamente, o enredo gira em torno da sobrevivência humana no viés do gênero de ação. Em ambos os filmes, a arrogância científica é um fator basilar no argumento e roteiro, mas em nenhuma das tramas temos a oportunidade de mergulhar realmente nas ramificações dessa ciência. Para nós telespectadores fica o alerta sobre os perigos do que o uso indevido da tecnologia pode fazer a nós enquanto humanidade como um todo, entretanto, a franquia necessita trabalhar melhor as consequências e como elas agiram em grande escala.

Elenco principal de Jurassic World I

Jurassic World: Dominion apresentará um mundo no qual os dinossauros não apenas escaparam para o continente, mas também entraram em conflito com a humanidade como resultado. O conceito de dinossauros compartilhando o planeta com humanos não é nada senão uma ideia puramente de ficção científica. Nesse viés, este novo filme tem o potencial de mergulhar nessa ideia de uma forma que os cinco filmes anteriores não conseguiram. Além do mais, os perigos da engenharia genética e da ciência equivocada agora podem ser explorados de uma maneira nova e profunda, e as grandes questões de ficção científica feitas pela primeira vez no primeiro filme (1993) podem finalmente serem abordadas. A ciência da humanidade é o instrumento de sua própria destruição? Os dinossauros e a humanidade podem coexistir no mesmo tempo e lugar? E se eles não puderem, quem irá emergir como o verdadeiro governante da Terra?. Jurassic World: Dominion tem o poder de responder a todas essas perguntas e fornecer o emocionante final de ficção científica que a franquia Jurassic Park merece.

* Texto original de Daniel Dimanna do ScreenRant, traduzido e adaptado por Vanderlei Tenório para a Tribuna do Sertão.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *