sábado, 20 de agosto de 2022

Notícias

In:

Maceió implanta faixa verde para pedestres na orla

Por Ascom SMTT

Espaço evita a divisão do espaço e garante maior segurança. Foto: Idalécio Lucas/Ascom SMTT

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) implantou uma faixa verde na Avenida Silvio Carlos Viana, na praia de Ponta Verde, para aumentar o espaço da calçada. A intervenção visa garantir melhores condições de segurança aos pedestres, protegendo quem anda e pratica atividades físicas pela área.

A ação foi iniciada em janeiro deste ano, quando foram implantados cones para alargar o calçadão e permitir que as pessoas pudessem caminhar e correr pelo local com segurança.

Já em maio, as equipes de obras viárias iniciaram a implantação de segregadores para realizar a delimitação do trecho para ampliar o espaço destinado aos pedestres, com a previsão desta sinalização de reforço para o mesmo mês. No entanto, as chuvas alteraram o cronograma de execução dos serviços.

Durante esse período, agentes de trânsito realizaram rondas pela área. As equipes ouviram relatos de maceioenses e turistas sobre o quanto a medida auxilia na segurança dos pedestres, com o uso de políticas urbanas de curto prazo e baixo custo, para melhorar a acessibilidade das pessoas e garantir a segurança viária de todos.

Espaço vai desde à Barraca Sete Coqueiros até as proximidades do totem "Eu amo Maceió". Foto: Idalécio Lucas/Ascom SMTT

Espaço vai desde à Barraca Sete Coqueiros até as proximidades do totem “Eu amo Maceió”. Foto: Idalécio Lucas/Ascom SMTT

“A pintura da faixa na cor verde é mais um elemento para reforçar que o local deve ser utilizado pelos pedestres. Esse tipo de sinalização já é utilizada em outros locais do Brasil. Nossa intenção é termos mais espaços para a circulação a pé em outros locais de Maceió. O trabalho é realizado com base em análises técnicas, mas estamos sempre abertos ao diálogo com a sociedade”, destacou o superintendente da SMTT, André Costa.

A faixa verde já é adotada em outras cidades, entre elas Fortaleza e São Paulo. Outro aspecto positivo desta ação é que a realização não necessita de obras mais intensas que implicam em investimentos maiores.

Empresário e praticante de atividades ao ar livre, Guilherme Antonini destacou a importância do espaço. Foto: Idalécio Lucas/Ascom SMTT

Empresário e praticante de atividades ao ar livre, Guilherme Antonini destacou a importância do espaço. Foto: Idalécio Lucas/Ascom SMTT

O empresário, Guilherme Antonini, já presenciou situações que demonstram a importância do dispositivo para oferecer mais segurança para os pedestres. “Eu acho que é necessário, acontecia muito choque de ciclista com o pessoal que estava fazendo atividades, como corridas e caminhadas, então eu acho bem útil. Ainda mais considerando que só uma faixa fica tranquilo para carros, já que não é um local com grande fluxo ou engarrafamento. Pra mim é uma medida positiva e que torna o passeio mais tranquilo e mais seguro para quem quer fazer suas atividades”, frisou Antonini.

O diretor de Operações de Mobilidade, Coronel Cícero Silva, destaca o quanto a ampliação da calçada permite que, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), estacionar ou trafegar sobre as faixas verdes seja considerada infração de trânsito, as punições variam de leve a gravíssima multiplicada por três. Com multas que variam de R$ 88,38 e três pontos na carteira até R$ 880,41 mais 7 pontos na habilitação.

Alberto destacou a medida como positiva e benéfica para os maceioenses. Foto Idalécio Lucas/Ascom SMTT

Alberto destacou a medida como positiva e benéfica para os maceioenses. Foto Idalécio Lucas/Ascom SMTT

O psicólogo, Alberto Cavalcante, percebe no dia a dia que a medida conta com o apoio de cidadãos que transitam no local.

“A gente tem visto que a delimitação em faixa verde proporciona maior segurança e uma identificação para os condutores, já que historicamente era uma via de mão dupla. Acho que foi primordial, porque as pessoas estavam se atropelando no calçadão. O espaço estava ficando curto, daí essa ampliação também tem possibilitado não só corridas, mas esportes de rodas como skates e patins. Com isso, a gente ganha um espaço a mais pra poder utilizar”, afirmou o profissional que utiliza a área para pedestres.

A previsão de término é de quinze dias, dependendo das condições climáticas.

Compartilhe:
Tags: ,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *