sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Notícias

In:

Faculdade de tecnologia lança um dos maiores programas de bolsas de estudos do Brasil

Por Assessoria

Criado pelo Instituto de Tecnologia e Liderança, o Inteli, e viabilizado a partir de doações de líderes e empresas que reconhecem a importância do aprendizado da tecnologia com metodologia orientada por projetos, o programa permitirá que, pelo menos, 40% dos alunos sejam bolsistas em 2022

O programa deve alcançar pelo menos 40% dos alunos da instituição em 2022 e foi viabilizado partir de doações de empresas e fundações como a Behring, o Instituto MRV e a MRV&CO e a Gerdau, além de investidores como Guilherme Paes, Eduardo Brenner, Sussana e Marco Kheirallah, Marília e José Vita, Família Magalhães e Iuri Rapoport. Entre os doadores também estão Bruno Coutinho e Luis Moura, com vagas perpétuas, viabilizadas a partir dos rendimentos de recursos investidos, e que se renovam a cada 4 anos. Para completar a lista, Roberto e Juliana Sallouti já anunciaram a doação de 10 bolsas exclusivas para mulheres, incentivando a diversidade e a presença feminina na área.

De acordo com André Esteves, co-fundador do Inteli: “O grande legado do projeto é oferecer oportunidades a todos aqueles que queiram e mereçam uma chance. Nosso objetivo é ter recursos para garantir os estudos de todo jovem talento aprovado no processo seletivo e que não tenha condição financeira, inspirado no modelo need-based americano”, comenta.

Segundo Ana Beatriz Garcia, Diretora de Operações e responsável pelo processo seletivo para os cursos de graduação, todo aluno aprovado no processo e que tiver solicitado a bolsa é elegível ao recurso, que pode cobrir não apenas a mensalidade como também um auxílio estudantil que responde por moradia e alimentação dos jovens estudantes: “Garantir que os alunos sem condição financeira estudem conosco não passa apenas por bolsas integrais de mensalidade, temos que analisar, caso a caso, as necessidades dos estudantes e possibilitar que eles tenham condições de estar em São Paulo se dedicando integralmente aos estudos”, avalia.

processo seletivo inclui etapas que permitem fazer uma avaliação holística do candidato, entender seu perfil, conhecer sua história e desafios, além de suas ambições para o futuro. Os passos seguintes são um teste de Matemática e Lógica e uma etapa de projeto que inclui o desenvolvimento em grupo de uma solução tecnológica dentro de um tema de sua escolha. A seleção para a graduação tem início nas próximas semanas e deve durar aproximadamente dois meses. Os resultados serão anunciados em dezembro.

 

Formar uma nova geração de líderes

A proposta do Inteli é trabalhar três conjuntos de competências junto aos estudantes: computação, aprofundando em inteligência artificial, ciência de dados, segurança cibernética; negócios, abordando áreas como finanças corporativas, inteligência de mercado, marketing digital, people analytics e sustentabilidade; e em aspectos comportamentais como comunicação, ética e resiliência. O objetivo é que os alunos aprendam, desde a primeira semana de aula, a causar impacto real na sociedade, orientados todo o tempo para buscar soluções para as ineficiências do mundo de forma prática.

Idealizado com o objetivo de formar futuros líderes na área de tecnologia, o Inteli tem o propósito de proporcionar um ensino que vai além da computação. “A ideia é criar um ambiente de constante estímulo ao empreendedorismo, com disciplinas que envolvam economia de mercado, estado de direito e sustentabilidade, destaca Maíra Habimorad, CEO do Inteli.

 

Sobre o Inteli

O Inteli é a primeira faculdade de tecnologia orientada a projetos do país, em construção no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em São Paulo. Suas atividades letivas serão iniciadas em fevereiro de 2022 com a oferta inicial de quatro cursos de graduação presenciais: Engenharia da Computação, Engenharia de Software, Ciências da Computação e Sistemas de Informação.

Localizado dentro do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), na cidade Universitária em São Paulo, o Inteli contará com 2 prédios que vão abrigar o centro acadêmico, com 14 salas de aula, 1 auditório, 16 salas de reuniões, biblioteca, laboratórios, áreas coletivas de estudo e de trabalho em grupo; e o centro de convivência com restaurante, área de jogos, alimentação ao ar livre, um lago, sala de yoga e mindfulness, área de apoio psicoemocional e academia aberta.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *