sábado, 15 de Maio de 2021

Notícias

In:

Hospital Santa Rita define novas diretrizes de condutas na Maternidade durante Pandemia

Por Roberta Sampaio - Assessoria HRSR

Suspensão de visitas às puérperas e aos recém-nascidos e Leitos próprios para isolamento de gestantes com síndrome gripal foram algumas delas

O Hospital Regional Santa Rita – Palmeira dos Índios/AL, por meio do seu Provedor-Dr. Pedro Gaia, informa que a instituição hospitalar vem passando por várias adaptações, tanto na sua estrutura física quanto nas suas diretrizes de condutas internas e ainda com relação aos serviços prestados à população. Vale destacar que todas as decisões foram tomadas seguindo todos os protocolos vigentes e de acordo com Decretos governamentais.

Segundo o Provedor, desde o início da Pandemia o hospital buscou estar sempre pronto para atender os pacientes Covid-19 com a disponibilização leitos e equipe composta por multiprofissionais.

E, na Maternidade Santa Olímpia as adequações também aconteceram através de investimentos, com recursos financeiros da própria instituição, podendo citar como exemplos as reformas, contratações de profissionais e compras de EPIs.

“Diante da atual situação que vivemos, efetuamos algumas mudanças tais como: criamos leitos próprios para isolamento de gestantes com síndrome gripal, disponibilizamos equipamentos de proteção para nossos funcionários, teste rápido para todas as pacientes com suspeita de Covid, tomografias e exames rtpcr, para a maior segurança”, detalha o Provedor.

Gestantes com suspeita de Covid

Com relação aos casos suspeitos de Covid em gestantes que chegam para serem atendidas na Maternidade Santa Olímpia, a médica Obstetra e coordenadora – Dra. Gisélia disse que: “Dividimos nossa equipe em duas partes, uma das equipes fica com as pacientes sem suspeita de Covid e a outra com as que tem suspeita. Providenciamos uma sala de parto exclusiva para pacientes com suspeita de Covid e também uma sala para cirurgias. Nossos profissionais fizeram treinamento sobre como evitar a contaminação no ambiente de trabalho. Disponibilizamos álcool em gel em todas as enfermeiras e o uso de máscaras é obrigatório”.

Suspensão de Visitas na Maternidade

Sobre o assunto Dra. Gisélia informou que: “Reduzimos o tempo de internação hospitalar e suspendemos as visitas às puérperas e aos recém-nascidos (exceto o pai). Todas as gestantes recebem acolhimento nosso, fazemos questão de tirar fotografias e encaminhar para os familiares, recomendamos que a gestante faça chamada de vídeo com os familiares e, em cada visita, tentamos transmitir o máximo segurança e energias positivas de um jeito que nossas pacientes se sintam seguras. Deixando claro que, as mudanças se fizeram extremamente necessárias nesse momento de Pandemia”.

Estresse Emocional das gestantes

A obstetra relata que observou sintomas de estresse emocional em algumas gestantes e puérperas devido ao período vivenciado com a pandemia. “Por conta do medo de contaminação, dos riscos que isso pode trazer a sua gestação e ao seu bebê. Além do medo de que os familiares também se contaminem. E ainda, o isolamento e o desafio que as mães terão que enfrentar ao cuidar dos bebês sozinhas, já que não podem contar com a sua rede de apoio (família).

E finaliza destacando que “O nascimento de um bebê é sempre motivo de muita alegria para toda a família. No entanto, devido a pandemia da Covid-19, milhares de mães passarão a desafiadora fase do puerpério em quarentena, ou seja, longe da maioria de seus entes queridos. Lidar com todas essas emoções e sentimentos pode ser difícil, mas é essencial para evitar maiores riscos para a mãe e para o bebê. Por isso, seguir as recomendações de saúde e manter a calma é o melhor caminho para passar por essa fase com a saúde física e emocional em dia”.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *