sábado, 15 de Maio de 2021

Notícias

In:

Segurança Pública deflagra Operação Êxodo para desarticular organizações criminosas especializadas no tráfico de drogas

Por Assessoria

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) coordenou uma operação integrada entre as Polícias Civil e Militar com o objetivo de prender integrantes de duas organizações criminosas que atuavam nas cidades de União dos Palmares e São José da Laje.  A ação aconteceu nesta quinta-feira (18) e foram cumpridos 19 mandados de prisão e 23 de busca e apreensão, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

A operação é fruto de um trabalho investigativo da Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), realizado de  forma integrada com o 2º Batalhão de Polícia Militar.

Em União dos Palmares, os mandados foram cumpridos nos bairros do Loteamento, Terrenos, Cohab Velha, e no Conjunto Nova Esperança, que também eram as regiões onde a organização criminosa atuava com tráfico de drogas. Já em São José da Laje, os mandados foram cumpridos no Centro e no Conjunto Terezinha.

A operação ganhou o nome de “Êxodo”, pois estas organizações migram seus membros entre as cidades da Zona da Mata, para cometerem crimes e atuarem no tráfico de drogas.

O efetivo participante

Para o cumprimento dos mandados durante a operação integrada foram empregados policiais militares do 2º BPM, Grupamento Aéreo, Radiopatrulha, Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão Rodoviário (BPRV), além de agentes da Gerência de Polícia Judiciária  (GPJ2), ASFIXIA,TIGRE e da DEIC.

Até o presente momento onze pessoas foram presas. Todos os indivíduos e materiais apreendidos foram encaminhados para a sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, para a confecção dos procedimentos cabíveis.

A população é grande parceira das forças de segurança no combate ao crime em Alagoas e pode contribuir com o trabalho das polícias realizando denúncias sobre homicídios, tráfico de drogas, roubos, organizações criminosas e outros crimes por meio do Disque Denúncia. As informações podem ser repassadas, de forma anônima e gratuita, por meio de ligações para o 181.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *