sexta-feira, 07 de Maio de 2021

Notícias

In:

Sônia Beltrão: Palmeira está abandonada pelo atual gestor

Por Éder Patriota

A candidata à prefeitura de Palmeira dos Índios Sônia Beltrão (Patriota), em uma das suas caminhadas pela cidade criticou a situação que Palmeira dos Índios se encontra atualmente, onde por todos os lados se veem obras abandonadas e muitas sem continuidade de execução revelando a incompetência do gestor, apesar dos recursos terem chegado e a população como sempre sofrendo pela má- aplicação deles.

Conforme Sônia Beltrão, tudo se encontra sucateado, do social ao cultural, a exemplo do importante ponto turístico-cultural que é o Museu Graciliano Ramos, ex-prefeito da cidade e um dos maiores escritores de todos os tempos do Brasil e quiçá do mundo.

“Quem não enxerga, o que vem acontecendo está tomando Rivotril litrão”, alfinetou.

Ainda segundo Beltrão, é um absurdo gastar R$ 5 milhões na contratação de coffe-break em plena pandemia e as 22 secretárias existentes cheias de servidores com finalidade apenas eleitoreira.

“Palmeira dos Índios só perde para o Estado de São Paulo em número de secretárias, a prova disso que existe secretario desconhecedor do seu local de trabalho, onde nele a prática do rodízio é existente e o espaço para todos é pequeno, assim como repudio que ninguém merece trabalhar sob pressão e sendo desmoralizado constantemente”, afirmou.

Para a candidata, prefeito não é o dono da cidade, mas sim um empregado do povo e em assim sendo teria de administrar com transparência.

“Todo mundo nessa Cidade sabe disso, porém não pode falar, pois tem parente empregado na Casa da Águia Preta e se falar algo que não deve cai fora, principalmente se for contratado e se for efetivo é perseguido, onde o lotarão em local de difícil acesso, por isso peço que vejam o melhor para o futuro de sua família. Fora isso, parte da imprensa local está amordaçada e uma boa parte só pode divulgar o que o gestor quer e da maneira que quer”, ponderou.

Sobre a sua vida, a candidata é enfática: “Não preciso do dinheiro do povo. Sou muito feliz com meu cargo de juíza de Direito aposentada, mas resolvi sair de minha zona de conforte e ingressar na política objetivando mudar a maneira de governar essa Cidade, aonde prestei 12 anos de serviço e sai com as mãos limpas. Tenho histórico de lutas em prol do povo, por isso zelo pelo meu nome desde sempre e no meu DNA não tem vírus de corrupção. Todos os dias peço proteção a Deus, asseguro a todos os palmeirenses que o poder não me seduz, não me fascina, não me envaidece e nem me corrompe, tenho certeza que se Graciliano Ramos estivesse vivo ira lamentar à beça tanta corrupção existente nessa cidade”, enfatizou.

De acordo com a candidata Sônia Beltrão, ninguém escapa da lei do retorno. “Os apoiadores das pessoas que cometem malfeitos precisam acordar e lembrar que tem filhos, pois o mal volta multiplicado. É lamentável ver muita gente ter os seus direitos essenciais negados, onde tenho ouvido relatos diários e sempre trabalhei com o povo, para ter ciência dos problemas existentes na cidade. Desconhecemos o amanhã e lembro ao povo palmeirense que dinheiro não é tudo, por isso muitos com vida abastada estão morrendo de forma vil”, declarou.

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *