terça-feira, 01 de dezembro de 2020

Notícias

In:

[ÁUDIO NA ÍNTEGRA] Em entrevista Deputado Arthur Lira acusa prefeito Júlio Cezar de reter recurso de R$7 milhões do Hospital Santa Rita

Por Redação

Deputado Arthur Lira concede entrevista à rádio Palmeira FM

O deputado federal Arthur Lira (PP) concedeu na manhã de hoje (16) uma entrevista ao radialista Anselmo Robério do Programa Balanço Geral da rádio Palmeira FM onde fez um balanço de suas ações parlamentares para Palmeira dos Índios.

O deputado que é o líder do Centrão, maior bloco parlamentar da Câmara dos Deputados listou uma série de recursos para a cidade, levados por ele e seu pai, da ordem de mais de R$20 milhões – porém o que chamou a atenção foi a cobrança em forma de apelo de recursos no valor de R$7 milhões que são destinados para o Hospital Santa Rita e que simplesmente – conforme explicou o deputado – o prefeito “segurou”.

Indagado pelo radialista sobre os repasses desses recursos alocados para o Hospital, o deputado foi incisivo: “Esse ano não repassou nada”, disse Arthur Lira.

O parlamentar disse que a instituição hospitalar carece dos recursos para fazer mais investimentos em equipamentos e o pagamento de despesas e que a retenção dos recursos é coisa inadmissível.

O médico Hélio Morais ao ter conhecimento da acusação comentou: “Se as denúncias do deputado estiverem fundamentadas e corretas, cabe denúncia ao MP e demais órgãos competentes.

Se a direção do hospital Santa Rita desmentir o deputado Arthur Lyra em nome da aliança que mantém com o prefeito, aí essa confusão toma outro rumo e mancha a imagem do deputado.

Se essa mesma direção do hospital corroborar as denúncias do deputado, o mastro que segura o circo da atual administração cai de vez!”

Ouça o áudio da entrevista com o deputado Arthur Lira no Programa Balanço Geral da Rádio Palmeira FM nesta sexta, 16 de outubro de 2020

O deputado Arthur Lira ainda espera uma solução amigável para o impasse.

Procurada pela reportagem da Tribuna do Sertão a assessoria de imprensa da prefeitura não respondeu o questionamento até o fechamento da matéria.

Nota 

Duas horas após a publicação dessa matéria a assessoria de imprensa da prefeitura de Palmeira encaminhou a seguinte justificativa:

Em resposta à entrevista concedida pelo deputado Arthur Lira nesta sexta-feira (16), na Rádio Palmeira FM, ao Programa do apresentador Anselmo Robério, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Palmeira dos Índios torna público que os R$ 7.696.846,06, repassados para a conta da Secretaria, por meio da Portaria 2.079/GM/MS, de 16 de agosto de 2020, onde está estabelecido os recursos financeiros do bloco da manutenção das ações e serviços públicos de Saúde, ressalva que:

No Artigo 2º desta mesma portaria diz:

“O Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência do montante estabelecido aos respectivos fundos municipais de Saúde, em parcela única, mediante processo autorizativo, encaminhado pela Secretaria de Atenção Especializada a Saúde”.

Portanto, cabe às instituições que foram contempladas com essa portaria, realizar um plano operativo detalhado de como aplicar o recurso mencionado. No dia 02 de outubro de 2020, o Hospital Regional Santa Rita encaminhou à SMS um oficio de nº 154/2020, onde neste mesmo solicita a quantia de R$ 7.696.846,06, com a sugestão de aplicar este montante em: pagamentos de salários a profissionais médicos, como também serviços terceirizados, aquisição de matérias de consumo e expediente e medicamentos hospitalares, além de disponibilizar 10 procedimentos cirúrgicos por mês.

Salientamos que o Hospital Santa Rita, de janeiro a setembro de 2020, já recebeu a quantidade R$ 19.158.099,00 (dezenove milhões, cento e cinquenta e oito mil, noventa e nove reais) para a utilização dos serviços informados.

Em resposta ao ofício de nº 150/2020, encaminhado à instituição Hospital Santa Rita, com despacho de nº 5870/ 2020, em resposta ao Plano Operativo apresentado, solicitamos que atenta ao propósito de beneficiar à população palmeirense e da 8ª Região, maiormente pela função a que se destina o referido recurso, qual seja proporcionar serviço que tenha impacto direito com o atendimento à população, se manifestou da seguinte forma: que o Hospital considerasse a implantação de 20 procedimentos cirúrgicos de urgência para abdômen agudo inflamatório, além de procedimentos cirúrgicos de próstata e cirurgias vasculares, para atender Palmeira dos Índios e toda a 8º Região, já que são os procedimentos que requerem carência apresentada da ausência da possibilidade da realização dos mesmos no serviço público de Palmeira dos Índios.

No mesmo despacho, apelamos a esta instituição que esses serviços sejam incluídos no Plano Operativo, evitando que a população de Palmeira dos Índios e da região tenha que ser encaminhadas ao HGE, em Maceió.

Por fim, informamos que referido despacho, até o momento, não foi respondido pela instituição Hospital Regional Santa Rita e nenhum outro plano operativo detalhado de como o Hospital irá aplicar o recurso foi apresentado.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *