segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Notícias

In:

Alfredo Gaspar debate efeitos da pandemia com lideranças e moradores do Graciliano Ramos

Por Ascom Alfredo Gaspar

Candidato a prefeito pelo MDB discutiu projetos com moradores do Graciliano Ramos

Unidades de saúde fechadas, crianças e jovens entregues ao ócio, equipamentos esportivos sem atividades. Essas foram algumas das decorrências provocadas pela pandemia, no conjunto Graciliano Ramos, que foram expostas por liderança e a população em encontro, na noite dessa quinta (24), na Associação dos Moradores, com o candidato Alfredo Gaspar (MDB), da coligação Maceió mais Forte (MDB, Podemos, PSD, PRTB, PSC, PTC, PL, PV e Avante).

Com dez mil moradores, o Graciliano Ramos fica no bairro Cidade Universitária – um dos mais populosos da capital, com mais de 100 mil habitantes – que abriga equipamentos importantes, como os hospitais Metropolitano e Universitário, o Shopping Pátio, o Detran e a Universidade Federal de Alagoas. Mas, os problemas se agravaram com a pandemia.

“Temos quatro unidades de saúde sem funcionar, desde que começou a pandemia. As crianças e os jovens estão sendo levados pelo tráfico, a evasão escolar continua alta, não existem escolas suficientes aqui. Por isso, tenho a certeza que quando o doutor Alfredo assumir a cadeira de prefeito, pela sua história de vida, vai honrar cada voto recebido. Sei que o senhor não vai fazer milagres, mas fará um grande esforço pelo bairro , com o nosso apoio”, assinalou Luciano Marinho, vereador por quatro mandatos e que há 30 anos luta pelo bairro.

O candidato Alfredo Gaspar reafirmou que não é um falso profeta milagroso, mas uma pessoa de vida real, com uma história de luta verdadeira, quando arriscou sua própria vida par trazer a paz para Alagoas, como promotor de Justiça Criminal, chefe de organizações de combate ao crime no Estado e no Brasil, o GCOC, e do Ministério Público, bem como Secretário de Segurança Pública. Também preocupado com as consequências da pandemia, ele afirmou aos moradores que não quer formar uma aliança para as eleições, mas uma aliança permanente e duradoura com os moradores do Graciliano e de todo bairro da Cidade Universitária.

“A pandemia mudou a vida de todo mundo e, se os problemas já eram grandes na educação, na saúde, no emprego e na economia, tudo isso se agravou muito mais. Na educação, por exemplo, o ano está perdido. Milhares de crianças e jovens estão entregues ao ócio, ao tráfico e a bandidagem. São sérios problemas que, certamente, não serão estancados por candidatos que não têm experiência, e muito menos, compromisso. Quero e vou mudar para muito melhor a vida das pessoas”, afirmou Alfredo Gaspar.

A frente de honra do encontro da noite de quinta foi formada pelo presidente da Associação, Edvaldo Aurélio dos Santos, o candidato a vice-prefeito Tácio Melo (Podemos), o vereador Chico Filho (MDB), e a candidata a vereadora, Marcela Barbosa, irmã do saudoso vereador Silvânio Barbosa, morto em setembro de 2018.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *