sábado, 15 de agosto de 2020

Notícias

In:

Uruguai defende que países do Mercosul evitem entrar em disputa entre EUA e China

O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, que assumiu nesta quinta-feira, 2, a presidência pró-tempore do Mercosul, defendeu que os países do bloco fiquem próximos dos Estados Unidos e da China, sem entrar em disputas comerciais. O comando esteve com o Paraguai no último semestre.

“Não podemos cair na falsa dicotomia de estarmos mais perto de um ou de outro. Os países que triunfaram no desenvolvimento estavam perto dos dois”, disse o presidente uruguaio.

Assim como fez o presidente Jair Bolsonaro, Lacalle Pou também defendeu a ratificação dos acordos de livre-comércio com a União Europeia (UE) e EFTA, assinados pelo Mercosul no ano passado.

Ele disse que é preciso “terminar o que começou”.

O presidente do Uruguai se comprometeu a trabalhar com a Alemanha, que assumiu recentemente a presidência rotativa da UE, para acelerar o processo.

Lacalle afirmou, ainda, que os países do bloco do Mercosul devem “trabalhar fortemente a zona de livre-comércio” e salientou a necessidade de “aperfeiçoar a união aduaneira”.

Autor: Julia Lindner
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *