segunda-feira, 06 de julho de 2020

Notícias

In:

EUA confirmam mais 1.265 mortes por covid-19

Nação que registra mais casos e mais mortes em decorrência da covid-19, os Estados Unidos registraram nesta sexta-feira, 29, mais 1.265 vidas perdidas por causa da doença causada pelo novo coronavírus. A informação é do Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês), que agora soma 101.711 mortes e 1.719.827 casos, um aumento de 21.304 casos em 24 horas.

No epicentro da covid-19 nos Estados Unidos, o Estado de Nova York, o governador Andrew Cuomo confirmou hoje que a cidade de Nova York vai começar a primeira fase de reabertura, com início em 8 de junho, uma segunda-feira. Dados divulgados pelo Estado mostram que em Nova York 368.284 pessoas testaram positivo para o coronavírus desde o início da pandemia.

O processo de reabertura está mais acelerado na Turquia, onde trabalhadores de escritórios que hoje estão de home office poderão voltar aos seus locais de trabalho a partir de segunda-feira, 1. Segundo a Universidade Johns Hopkins, a Turquia já registrou 162 mil casos de covid-19, dos quais 4.489 terminaram em morte dos infectados.

Na França, o famoso Museu do Louvre, em Paris, anunciou hoje que vai reabrir as portas somente em 6 de julho. O museu mais visitado da França está fechado desde 13 de março. De acordo com o governo francês, mais 52 mortes por covid-19 foram confirmadas no país entre ontem e hoje, elevando total de vítimas fatais da doença para 28.714. O número de contaminados cresceu em 597 no mesmo período e agora totaliza 149.668.

Na Itália também há melhora progressiva. Os números da covid-19 continuam em expansão, mas em velocidade muito menor do que no pico da doença. Segundo a Defesa Civil da Itália, em 24 horas foram identificados mais 516 novos casos e 87 novas mortes em virtude da doença. Os números totais são de 232.248 contaminados e 33.229 óbitos.

O governo do Reino Unido informou nesta sexta-feira que mais 324 pessoas morreram no país por causa da covid-19, o que fez o total de vítimas fatais chegar a 38.161. É o segundo maior número total de mortes pela doença, só atrás dos Estados Unidos. Também houve crescimento no número de casos: mais 2.095 nas últimas 24 horas, elevando o total para 271.222.

Autor: Gregory Prudenciano
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com