quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Notícias

In:

Juventus perde invencibilidade no Italiano para Lazio e mantém Inter na ponta

A invencibilidade da Juventus no Campeonato Italiano chegou ao fim neste sábado. O time octocampeão nacional foi derrotado por 3 a 1 pela Lazio, em Roma, de virada, e deixou passar a oportunidade de voltar à liderança da competição, que atualmente é ocupada pela Inter de Milão.

A derrota manteve a Juventus com 36 pontos na classificação do campeonato – em 15 rodadas, a equipe de Cristiano Ronaldo obteve 11 vitórias e três empates, além da derrota para a Lazio. O time de Roma ocupa a terceira colocação do Italiano, com 33 pontos, e tenta se firmar como candidato ao título. A Inter lidera com 38.

Quando a Juventus abriu o placar, aos 25 minutos do primeiro tempo, parecia que daria a lógica, ou seja, vitória do time de Turim. O uruguaio Betancur foi lançado na ponta direita e rolou para o meio da área, onde Cristiano Ronaldo apareceu para empurrar a bola para o gol.

O rumo das coisas começou a mudar nos acréscimos da primeira etapa, quando o meia espanhol Luis Alberto fez um cruzamento preciso para o brasileiro Luiz Felipe marcar de cabeça. O zagueiro começou sua carreira no Ituano e em 2016 foi para a Itália, onde defendeu a Salernitana antes de chegar à Lazio.

A expulsão do colombiano Cuadrado, na segunda etapa, fez a Lazio acreditar na virada, e ela chegou aos 29 minutos. O meia sérvio Milinkovic-Savic recebeu um belo lançamento de Luis Alberto, dominou a bola com enorme categoria e marcou com um toque sutil na saída do goleiro Szczesny.

O atacante Ciro Immobile, artilheiro disparado do Italiano, com 15 gols, teve a chance de “matar” a Juventus na cobrança de um pênalti, mas falhou. Duas vezes, aliás, já que Szczesny defendeu o chute do italiano e, no rebote, Immobile de novo teve o gol negado pelo goleiro polonês.

Na reta final do jogo, a Juventus foi para o tudo ou nada, e deu nada. Nos acréscimos, o time alvinegro estava inteiro no ataque quando a Lazio roubou a bola. Três jogadores da equipe da casa avançaram livres e Lazzari ficou cara a cara com Szczesny, mas o goleiro fez outra ótima defesa. No rebote, porém, o polonês não teve como defender o potente chute do equatoriano Caicedo.

Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *