domingo, 23 de Janeiro de 2022

Notícias

In:

Cemitério concentra caçadores de ‘Pokémon’ em Piracicaba

Por Redação com G1
Centenas de jogadores se reunem no Cemitério da Saudade (Foto: Ariane André/Arquivo pessoal)

Centenas de jogadores se reunem no Cemitério da
Saudade (Foto: Ariane André/Arquivo pessoal)

O Cemitério da Saudade de Piracicaba (SP) recebeu centenas de visitantes neste domingo (7). A maioria deles não estava no espaço para homenagear entes queridos que já morreram. O grupo se reuniu nas ruas do local para caçar Pokémons, personagens do jogo para celular lançado no Brasil há menos de uma semana e que virou febre.

game começou a funcionar no país no dia 3 de agosto. Em um primeiro momento, o jogo “Pokémon Go” ficou disponível apenas em versões para quem tem contas na App Store dos EUA.

Nas noites de sexta (5) e sábado (6), um grupo ficou ao lado de fora do Cemitério da Saudade em Piracicaba porque o local estava fechado. Não houve registro de incidentes.Grupo caçava Pokémon em frente ao Cemitério da Saudade na noite de sábado (6) em Piracicaba (Foto: Thainara Cabral/ G1)

”Grupo caçava Pokémon em frente ao Cemitério na
noite de sexta (6) (Foto: Thainara Cabral)

Mania mundial
Desde que chegou aos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia em 5 de julho, “Pokémon Go” se transformou em um fenômeno.

game dos monstrinhos de bolso valorizou as ações da Nintendo.

O jogo também causou uma popularização de bebês com nomes de pokémons, pessoas assaltadas por ladrões que usavam o app para atrair vítimas a lugares desertos e até umhomem que foi demitido em Cingapura após criticar o país por ainda não ter acesso ao jogo.

Manaus
A autônoma Maria Raimunda Ferreira Pereira, de 47 anos, morreu vítima de bala perdida em uma festa no bairro Mauazinho, Zona Leste de Manaus, na noite de sábado (6). Uma policial militar, de 34 anos, um militar das Forças Armadas, 22, e um homem, de 18, foram detidos após o ocorrido. Os celulares dos suspeitos teriam sido roubados enquanto caçavam Pokémons. Eles teriam ido até o local da festa para procurar os assaltantes e atiraram.

Paraibanos estão marcando 'caçadas' a pokémons em grupo (Foto: Felipe Ramos/TV Cabo Branco)

”Jogadores marcam’caçadas’ a pokémons em grupo (Foto: Felipe Ramos/TV Cabo Branco)”

 

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *