segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Notícias

In:

Neymar rebate questão sobre falta de comprometimento: “Não posso sair?”

Por Redação com GE/AL
Neymar mostrou irritação ao ser questionado pelo comportamento fora de campo (Foto: Lucas Figueiredo/MoWA Press)

Neymar mostrou irritação ao ser questionado pelo comportamento fora de campo (Foto: Lucas Figueiredo/MoWA Press)

Neymar falou. Sorriu, ficou sério e mostrou incômodo. Depois de 14 personagens diferentes em entrevistas coletivas desde o último dia 18, o craque do Barcelona foi a atração da tarde na Granja Comary. O jogador elogiou Rogério Micale, mostrou-se surpreendido positivamente com o trabalho da comissão técnica e com o nível do futebol dos companheiros. Mas também saiu um pouco do sério ao ser questionado sobre a última impressão que deixou mesmo quando não atuava pela seleção brasileira. O desabafo, com xingamento, aos críticos da seleção foi motivo de texto em rede social – seguido de pedido de desculpas no dia seguinte

Quando ouviu a pergunta sobre falta de comprometimento e certo individualismo nos bastidores da seleção, o craque sorriu e disse “só pode estar de brincadeira”, chamando a atenção do jornalista para que olhasse para os olhos dele enquanto respondia. Depois, respirou fundo e bebeu água pela primeira vez.
– Tem que ver as coisas que faço dentro de campo. Fora, são coisas particulares. Quando estou fora do campo, independentemente de qualquer coisa, é minha vida particular. Tem que me cobrar dentro de campo, não tenho problema nenhum em falar sobre cartões, expulsões. Tenho vida particular, sou um cara de 24 anos. Sou novo, tenho minhas conquistas, minhas coisas. Sou muito tranquilo quanto a isso, tenho meus erros também. Não sou um cara perfeito. Também gosto de sair, de me divertir com meus amigos, tenho família, amigos. Por que não posso sair, ir para a balada? Posso sim e eu vou. Independentemente de qualquer coisa, se tenho consciência do meu dever no dia seguinte, não vejo problema nenhum. A partir do momento que eu sempre me entrego, tento sempre fazer meu melhor, meu máximo, não há problema. Erro sim e ainda vou errar, isso é normal para um ser humano. Sou dos mais experientes aqui e não é por isso que sou perfeito. Pelo contrário. Estou aprendendo cada vez mais com os meninos mais novos que eu – disse o atacante do Barcelona, chamando a pergunta de “maldosa”.
 
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *