terça-feira, 23 de julho de 2019

Blogs

Porque Rui Palmeira é o melhor para Alagoas

O prefeito de Maceió ainda nem se pronunciou se é candidato ou não ao governo do estado, mas na verdade a campanha começa a ganhar as ruas, na capital e interior, por conta das pressões naturais de seus aliados políticos principalmente daqueles que vão disputar cargos na eleição proporcional como deputados federais e estaduais.

Por outro lado setores da imprensa e também grande parte do eleitorado cobra essa decisão, à procura de um nome confiável para votar. Há um evidente desconforto no Palácio “Zumbi dos Palmares” com a possibilidade de uma candidatura de Rui Palmeira, pois, todos sabem e até os governistas reconhecem como uma ameaça real para desbancar Renan Filho do cargo.

O governador vai chegar ao momento eleitoral fortemente desgastado e marcado por um clima de negatividade flagrante. Não conseguiu cumprir quase nada do que prometeu para ganhar a eleição, sua gestão está “carimbada” com denúncias de corrupção, desvios de conduta e danos ao erário, a exemplo do escândalo na Secretaria da Saúde, fraude em um mestrado da UFAL, envolvimento com erros grosseiros em licitações e contratos sob suspeitas, além de outros que certamente vão emergir na medida em que o pleito de aproxima. Contra o possível oponente nada pesa nessa pauta.

É apontado como exemplo de administrador probo, ético e voltado para o interesse público. Outro fator a complicar a reeleição do govenador é a sua relação nada republicana com lideranças políticas. Prefeitos, deputados e vereadores em, sua maioria, o toleram pelo peso da caneta. É descortês, não cumpre com os compromissos e não mantem diálogo com a classe política.

Age como se fosse um “reizinho” e não dependesse de voto. Outro fator de peso que o governador carrega nos ombros é um “troféu” a ser escancarado no período eleitoral. Seu pai, o senador Renan Calheiros, é hoje o político com mais processos de corrupção nas instâncias judiciais do país. Mesmo que ainda não tenha sido condenado sua “folha corrida” é altamente comprometedora e ainda que seja reeleito ( o que será difícil) poderá ser cassado no decorrer de um eventual mandato. No anedotário já se diz que “o melhor cargo em disputa nas eleições é o de suplente de Renan Calheiros”. Se contrapondo ao governador Renan Filho, o prefeito Rui Palmeira tem um “troféu” de ouro para exibir. Seu pai, Guilherme Palmeira, foi deputado estadual, governador, senador, ministro do TCU, com uma vida publica incólume, sendo considerado um dos maiores homens públicos da história política alagoana.

Diante desse quadro real, caso seja realmente candidato como tudo indica, Rui Palmeira será sim o melhor para Alagoas.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com