terça-feira, 18 de junho de 2019

Blogs

Para garantir reeleição, deputados podem deixar o MDB

O MDB pode perder força política em razão do ano eleitoral em vários municípios do Estado principalmente na Assembleia Legislativa Estadual onde os deputados buscam a sobrevivência política com vistas a reeleição. As mudanças estariam prestes a acontecer.  Em março deste ano será aberta nova janela para a troca de partido sem risco de perda de mandato.

Quando a primeira janela foi aberta, entre fevereiro e março de 2016, a bancada do então PMDB, hoje sem o P, do governador Renan Filho saiu de três para 11 deputados uma vantagem significativa para o governador atualmente em ano eleitoral, o partido deve seguir caminho inverso. Com 40% dos 27 deputados da Casa de Tavares Bastos em seus quadros, o MDB está prestes a perder parte expressiva de sua bancada na Casa.

Em busca da sobrevivência eleitoral, alguns parlamentares já sinalizaram que vão trocar de partido em março, quando será aberta a janela pelo TSE. Salvo alguma alternativa de última hora na dinâmica da política, os deputados vão para partidos da base do governo, após entendimentos que passam sim pelo Palácio República dos Palmares.

Pelo que se fala nos bastidores, Davi Davino Filho, Thaise Guedes, Jairzinho Lira e Marquinhos Madeira estariam propensos a mudarem de sigla partidária. Ainda na dúvida, se arrumam ou não a bagagem, estariam Ronaldo Medeiros e Galba Novaes. Luiz Dantas, Jó Pereira, Isnaldo Bulhões, Olavo Calheiros e Ricardo Nezinho tendem a permanecer no partido.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com