quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Blogs

O ridículo discurso de Carimbão

O deputado Givaldo Carimbão expôs todos os alagoanos ao ridículo nacional em audiência pública esta semana na Câmara Federal ao ofender de maneira deselegante e marginal o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, que ali estava como convidado.

A desastrosa fala de Carimbão aconteceu ao fazer críticas sobre um evento patrocinado com dinheiro público, utilizando os benefícios da Lei Rouanet, durante reunião da Comissão de Segurança Pública e Controle do Crime Organizado, da qual faz parte.

Enquanto falava, o deputado Carimbão, que faz parte da Frente Parlamentar Católica da Câmara, fez críticas às diversas obras de arte de cunho religioso, entre elas uma que mostra um homem urinando na cabeça de Jesus e de Maria. Ele afirmou que queria ver a mãe do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, exposta “com as pernas abertas”, como é retratado nas obras. – “Eu queria que fosse com a mãe dele. Eu queria que fosse com a mãe do ministro. mijando na cabeça dela. Pegando a mãe do ministro, porque Maria é minha mãe. Maria é minha mãe. Maria é minha mãe. Eu queria pegar a mãe do ministro e colocar com as pernas abertas como está aqui nessas fotos, como Pastor Eurico mostrou. Se ele gostava. Pegasse sua filha”.  – afirmou o descontrolado deputado.

A tresloucada fala de Carimbão não apenas indignou seus colegas, a imprensa e a assistência presente a audiência, mas toda a sociedade brasileira educada e respeitosa. As reações contrárias a má conduta parlamentar vieram se vários segmentos , inclusive da Igreja Católica, que Carimbão acha que é sua propriedade .

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com