quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Blogs

Lula: a “partida jurídica” não acaba no dia 24

A jornalista Tereza Cruvinel faz uma revelação que aplaca os ânimos dos mais otimistas: “A oitava turma do TRF-4 é linha-dura. Levantamento do portal jurídico Jota mostra que, em 60 decisões tomadas pela trinca de togados em relação a processos da Lava Jato, em 33 houve aumento de pena. Este perfil sugere que dificilmente eles vão inocentar Lula ou anular a sentença de Moro. Entretanto, a radiografia das decisões sugere como alta a probabilidade de que o resultado não seja por unanimidade (3 a 0), e neste caso serão possíveis os embargos infringentes, que atrasarão mais o trânsito em julgado, favorecendo o registro da candidatura e a efetiva participação de Lula no pleito”, afirma Tereza.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com