sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Blogs

Conheça a Árvore do Amor no litoral norte do RN

Nas minhas andanças e pesquisas descobri que no estado do Rio Grande do Norte, mais precisamente no município de Maxaranguape, no litoral norte do estado, foi localizada a  ÁRVORE DO AMOR. O interessante é que o duas gameleiras (árvore típica da região), através de suas raízes se entrelaçaram formando naturalmente um coração.

Quem quer arrumar um novo amor ou deseja que o atual seja pra o resto da vida, deve o casal beijar debaixo da árvore, diz a lenda.

Olá para todos e todas. De volta ao portal da Tribuna do Sertão, vou estar semanalmente trazendo a tona assuntos diversos, seja no turismo, social, política, comportamento, etc. Nessa minha primeira postagem em 2019, vou compartilhar minha viagem ao litoral do Rio Grande do Norte, onde conheci a Árvore do Amor e toda a sua história e localização.Espero que goste! A partir que vai entardecendo, a sombra da Árvore do Amor vai se tornando um espetáculo à parte. Com lenda ou sem lenda, a natureza tem seus caprichos e seus encantos naturais. Os arrecifes de corais de Maracajaú, ou Parrachos, tornam-se ideal para iniciantes praticarem Snorkeling.

 

A lenda que envolve um casal de índios apaixonados

 

Maxaranguape é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Norte localizado na microrregião do Litoral Nordeste. De acordo com o censo realizado pelo IBGE no ano 2010, sua população é de 10.442 habitantes. Área territorial de 131 km².

No Cabo de São Roque, duas árvores do tipo “Gameleira” são unidas pela impressionante força do vento para formar quase uma só. Por isso, tomou o nome popular de árvore do amor. Dizem os nativos que o casal que se beijar embaixo do arco formado pelos troncos das árvores jamais se separará. Uma barraca instalada próxima à árvore oferece bebidas e venda de produtos locais.

Onde tem o farol de São Roque, o ponto mais próximo da América do Sul mais próximo da África.

A grande atração desta praia é o banco de corais de águas cristalinas e rica em peixes coralinos, local apropriado para a prática do mergulho. Esse banco de corais que fica a 7 quilômetros da praia é chamado pelos locais de Parrachos.  Mergulhar nos bancos de corais de Maracajaú é contemplar um dos mais belos cenários marinhos.

Diz a lenda do lugar que a Árvore do Amor serviu de moradia para um casal de índios que não tinham onde morar e eles eram muito unidos e na época as árvores ainda não se completavam, ou seja, eram duas árvores separadas, porém, vizinhas. Passado um tempo, o casal morreu e daí foi quando os troncos das árvores se encontraram…

Nos galhos, nas raízes, no tronco e nas folhagens, há muita fitinhas de promessas realizadas pelas mulheres solteiras que vão conhecer a Árvore do Amor. Muito amor no litoral norte do Rio Grande do Norte! Na praia de Barra de Maxaranguape você encontra a Árvore do Amor.

Claudio Andre

Somente após a morte do casal de índios é que os troncos das gameleiras se entrelaçaram

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com