segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Blogs

A confusão nos palanques

O sistema eleitoral brasileiro causa muita confusão na hora em que os partidos resolvem se coligar. Políticos com vertentes ideológicas são obrigados a unir-se com de correntes fisiológicas e vice-versa.

A mistura é tremenda e a saia justa impera.

Em Alagoas, os apoiadores dos candidatos não sabem o que fazer (ou sabem o que fazem) quando sobem no “palanque” de políticos antagônicos.

Em Japaratinga, o prefeito e seus familiares subiram no palanque de Collor e Biu apesar de declararem votos para Renan Filho e Renan Calheiros.

Lá o eleitor não sabe quem o prefeito apoia realmente.

Já em Palmeira dos Índios, Collor e Biu compareceram à festividade de emancipação política e fizeram questão de se “deixarem” fotografar ao lado do prefeito Julio Cezar, que apoia Biu, mas para governador vota em Renan Filho.

Lá, na terra dos xucurus, o eleitor também ficou confuso.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com