domingo, 23 de setembro de 2018

Blogs

A briga dos proporcionais e no Senado

 A situação da eleição para os postulantes a cadeiras na Câmara federal e no Senado da República é complicadíssima.
      Entre os concorrentes, existem poucos índios e muitos caciques, o que provoca um nó górdio nas articulações para coligações partidárias.
    Com poucos carregadores de pedras (pré-candidatos com votações poucos expressivas, mas que ajudam a formar o famigerado coeficiente eleitoral) os candidatos graúdos à Câmara se desesperam e alguns deles já pensam em desistir, seguindo o caminho do veterano José Thomaz Nonô que sem palanque majoritário e “bala na agulha”, isto é, dinheiro para a campanha – decidiu passar férias numa praia qualquer do litoral e esquecer da campanha que está por vir.
No Senado
       Quatro candidatos disputam as duas cadeiras do Senado da República em Alagoas.
        Os dois concorrentes que buscam a reeleição, Renan Calheiros (MDB) e Biu de Lira (PP) tomam fôlego para enfrentar dois jovens que estão com gosto de gás: Mauricío Quintella PR) e Rodrigo Cunha (PSDB).
      O contraste entre a experiência de Renan e Biu de Lira enfrentando a juventude de Quintela e Cunha será a tônica da campanha.  Quem vencerá? O velho ou o novo? O experiente ou o “amador”?
       Vale lembrar que esta campanha será curta, de 45 dias apenas e qualquer erro será fatal para os oponentes.
Na Casa Tavares Bastos
      Na Assembleia Legislativa a soma para chegar ao coeficiente é mais fácil, por que muitos nomes surgem como pré-candidatos e fortalecem a busca pelo coeficiente eleitoral.
     Apenas o PSDB, o DEM e agregados encontram dificuldades por não ter a “cabeça majoritária” para marchar nesta campanha.
     Sem um candidato ao governo forte fica difícil disputar a eleição sozinho.
    Pensando assim, um candidato de Palmeira dos Índios, se pega dia e noite com o governador Renan Filho, mesmo não morrendo de amores.
   Para ele, o que vale é a sobrevivência.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com