quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Blogs

Atendimento médico negado a vereador repercute na Câmara

Em sessão ocorrida na noite desta quarta-feira (29), na Câmara Municipal de Arapiraca, o Pastor Marcos Caetano (PTC) voltou a falar sobre o episódio no qual o vereador Willomaks da Saúde (PRP) teve a sua ficha de atendimento retirada momentos antes de ser atendido no Centro de Referência Integrada de Arapiraca (Cria), na terça-feira passada.Segundo o Pastor Marcos Caetano, qualquer cidadão tem o direito ao atendimento ao SUS, independente de sua classe social ou situação financeira.

“Qualquer pessoa tem o direito de escolher onde quer ser atendido, já que paga seus impostos”, argumentou o vereador.

Sob os olhares atentos de seus colegas, Marcos Caetano enfatizou que não importa se um cidadão, seja ele um vereador, deputado, senador ou outro cargo público, e deseje ser atendido, deve receber o mesmo tratamento que um cidadão comum, porque paga seus impostos.”Em razão disso, aproveito a ocasião para manifestar o descontentamento e o voto de repúdio pela maneira como foi atendido o colega parlamentar que precisava dos cuidados médicos”, frisou.

Ao agradecer as manifestações de apoio dos colegas vereadores, Willomaks da Saúde disse que em momento oportuno vai se manifestar na imprensa local, levando ao conhecimento da sociedade o que aconteceu com ele Willomaks da Saúde voltou a reafirmar que não feriu qualquer norma dentro do órgão e que, se a sua pressão arterial verificada há dias atrás, era de 12 por 8, nesse dia, devido a contrariedade, atingiu o pico de 18 por 10, colocando em risco a sua vida.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com