domingo, 16 de junho de 2019

Agenda

jul
19
qui
Exposição Metalmorfose II chega a Galeria de arte da Unidade Sesc Arapiraca
jul 19@00:00 – 22:00

metaç

Arapiraca vai receber a Exposição Metalmorfose II, mostra constituída pelo talento do artista alagoano, José Paulo. O metal é a base que deu forma as diversas peças, trabalhadas com a sensibilidade e criatividade do artista. São estruturas moldadas, contorcidas, alteradas para suportarem o peso ou a leveza dos outros materiais que a elas se conectam. As esculturas metamorfoseiam-se entre formas de animais e formas de coisas descartadas, são bichos de uma intrigante feiura bela, contrariam a estética.

Sob a curadoria de Alice Barros e Robertson Dorta, a exposição será lançada no dia 19 de julho, na Galeria de Arte da Unidade Sesc Arapiraca, onde ficará aberta à visitação até 14 de setembro de 2018.
 
Para que o público conheça um pouco do histórico de José Paulo, desde suas raízes nordestinas, passando pela sua identificação com a arte, durante a exposição, será exibido o vídeo “Sob a escrita da luz – A antropoética das formas” produzido pelos artistas visuais Alice Barros, Robertson Dorta e Weber Bagetti em 2016. A produção traz o itinerário do artista desde o amanhecer até o pôr do sol.
 
SERVIÇO
 
Exposição: Metalmorfose II
Artista: José Paulo
Curadoria: Alice Barros e Robertson Dorta
Fotografia: Robertson Dorta
Abertura: 19/julho/2018 – 19h00
Visitação: 20/julho a 14/09/2018 – , – das 12h00 às 18h00.
Local: Galeria de Arte – SESC Arapiraca
Informações: (82) 2482-2400
ago
30
qui
ATA encena A Princesinha Mimada e o Dragão Malvado no Quinta no Arena
ago 30@19:30 – 21:00
Grupo sobe ao palco nesta quinta (30), às 19h30

Grupo sobe ao palco nesta quinta (30), às 19h30

Inspirada na commedia dell’arte, a Associação Teatral das Alagoas apresenta a peça A Princesinha Mimada e o Dragão Malvado, no projeto Quinta no Arena, no Teatro de Arena Sérgio Cardoso, anexo ao Deodoro, nesta quinta-feira (30/08), às 19h30. O ingresso está à venda por R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 a meia, na bilheteria do Teatro Deodoro, das 14h às 18h.

Com direção de Rivaldo Lisboa e Juliana Teles, o espetáculo traz no elenco Monique Dantas, que interpreta a princesinha Brunilda, Rejane Lins, a Baronesa, Lindianne Heliomarie, Cigana e Rainha Ofélia, André Lins, o Astrólogo e Príncipe Jasão, Wellingthon Lira, o Mensageiro e Príncipe Felipe e Ronaldo de Andrade, o Rei Alfredo.

A peça é uma história de conto de fadas representada teatralmente através de música, coreografias e interpretação teatral. A princesinha mimada se envolve em confusões ao procurar o seu príncipe encantado, encontrando personagens bem marcantes e engraçados, ela passa por dificuldades, mas como todo conto de fadas que se preze, a história termina com um final feliz.

 Serviço:

Projeto Quinta no Arena – A Princesinha Mimada e o Dragão Malvado – Associação Teatral das Alagoas.

Quando – Quinta-feira (30/08), às 19h30.

Local – Teatro de Arena Sérgio Cardoso, anexo ao Deodoro, Centro de Maceió.

Ingresso – R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 a meia, na bilheteria do Teatro Deodoro, das 14h às 18h.

set
1
sáb
Aldeia Arapiraca – Mostra de Arte e Cultura do Sesc
set 1@19:30 – set 8@09:30

As Aldeias são mostras de arte e cultura organizadas pelos Departamentos Regionais do Sesc durante a passagem de espetáculos do Palco Giratório por seus estados, de modo a possibilitar que os trabalhos, selecionados pela Curadoria Nacional, dialoguem com a produção local.

Com o objetivo de estimular a produção e o consumo dos bens culturais, as Aldeias reafirmam, assim, o compromisso com o fomento a uma política para a produção e a difusão das artes cênicas em âmbito nacional. Elas vêm fortalecer os laços comunitários entre artistas, espectadores e produtores, fomentando e diversificando o panorama cultural brasileiro.

 

Programação

 

31/08 Sexta

Clake

Circo Amarillo – SP

Circo/60 min/Livre

19h no Teatro Hermeto Pascoal

CLAKE é um espetáculo cômico que acentua o trabalho da dupla Marcelo Lujan e Pablo

Nordio como palhaços excêntricos musicais. Sequências de gags clássicas são combinadas com a linguagem contemporânea da dupla e resultam num espetáculo de palhaçaria cômica física e musical. Uma interessante experiência de sonoridades e circo que diverte o público de todas as idades. Direção Domingos Montagner.

Musical de Abertura

Casa da Mata – Arapiraca AL

Musica/60min/livre

20h30 no Sesc Arapiraca

01/09 Sábado

Entre Rio e Mar Há Lagoanas

Coletivo Hetéaçã – AL

Teatro/50 min/livre

20h no Teatro Hermeto Pascoal

Sobre as mulheres que crescem ao redor da Lagoa. Sobre as mulheres que fomos, que somos e sobre as mulheres que queremos ser. Uma Mulher nos conta a origem da Lagoa, as mudanças e como ela cresceu ali, entre o Rio e o Mar. É uma fábula que recria o nascimento da Lagoa através do cotidiano e da memória de mulheres que cresceram às suas margens e dentro dela.

02/09 Domingo

Le Monde Bleu

Cia Raízes da Terra – AL

Performance Cênica/50 min/livre

18h no Teatro Hermeto Pascoal

LE MONDE BLEU – O MUNDO AZUL o mundo azul é um espetáculo performance, que trata do TEA – Transtorno do espectro autista – a visão de uma mãe de primeira viagem que descobre que seu filho é autista com apenas 1 ano de idade. E a partir daí começam as andanças pelos tratamentos multidisciplinares, de onde surge a inspiração para o espetáculo. Durante o espetáculo cenas do cotidiano e a vivência se misturam, trazendo o público para dentro do mundo do autismo de uma forma sensível, visceral e única.

 

Incelença

Coletivo Volante – AL

Teatro/50min/14 anos

20h na Casa de Caridade na Vila Contente

A partir dos dados do Mapa da Violência em Alagoas, o Coletivo Volante de Teatro mergulha na história de mães que perderam seus filhos e filhas para a violência. Corpos de atrizes e atores são instrumentos de propagação dessas histórias.

03/09 Segunda-feira

Encantado das Águas

Linete Matias – AL

Narração de Histórias/60 min/livre

10h na Biblioteca

“Encantados das Águas” é um espetáculo de narração de histórias que Linete Matias vem ouvindo desde criança, na esteira da porta de casa e que em 2013, pôde compartilhar por outras cidades ribeirinhas. Andando por Alagoas e Sergipe, seguiu o curso do rio, contando e ouvindo histórias de Mero, Nego D’água, Mãe D’água e fogo corredor. Apresenta um repertório de canções, versos e contos num passeio rio abaixo, rio acima.

Por um Triz

Cia Teatro da Meia-Noite – AL

Teatro/40 min/10 anos

20h no Teatro Hermeto Pascoal

Por um triz conta a história de uma atriz que está em conflito sobre continuar persistindo na sua profissão, fazendo uma viagem interior, revisitando suas memórias, numa autorreflexão sobre seu lugar enquanto artista, e de sua própria existência, questionando o sentido de SER e ESTAR no mundo.

04/09 Terça-feira

Bichos Cantos e Encantos

Toni Edson – AL

Narração de Histórias/50 min/livre

10h na Biblioteca

Os bichos guardam mistérios que revelam muito sobre nós mesmos… E guardam num canto tão bonito de nosso coração, que só podemos nos encantar com seus falares, sons, movimentos e… cantos. “Bichos, Canto, e Encantos reúne histórias da tradição oral de povos indígenas e povos africanos.

Outsiders

Código 8 Coletivo – AL

Dança/40 min/livre

20h no Teatro Hermeto Pascoal

OutSiders, busca tecnicamente aproximar-se de movimentos desviantes dos comportamentos padrões idealizados pelos seres humanos, pela estereotipia autista; uma pesquisa onde o corpo dito normal também é portador da mesma. Outsiders é um desvio secreto, uma estereotipia organizada em cena.

05/09 Quarta-feira

Segunda Pele

Coletivo Lugar Comum – PE

Dança/70 min/16 anos

20h no Teatro Hermeto Pascoal

Quantas peles habitam nosso corpo? Pêlo, casca, casa, cidade, olhar, pudor, prazer, cortes, avessos, toques, sorrisos, sons, leite, vento, chuva, memórias. O espetáculo Segunda Pele leva para cena corpos em troca de peles, em transformação, em desnudamentos. Movimentando entendimentos sobre a diversidade de corpos, pelas infinitas possibilidades do ser, e por tudo que ainda precisa ser discutido sobre padrões vigentes em nossa sociedade. Peles que escamam ao longo da cena, revelando histórias, corpos e experiências de vida das quatro dançarinas do elenco. Criado em 2012, o espetáculo foi recriado em 2016, com nova pele,

Novas vestes e novos desnudamentos em cena, ampliando o mergulho experimentado na montagem anterior.

06/09 Quinta-feira

As Mulheres do Aluá

O Imagiário – RO

Teatro/60 min/14 anos

20h no Teatro Hermeto Pascoal

Mulheres de diferentes épocas que foram condenadas, num período em que o pensamento- homem é que determinava a condição de cada uma delas. Com histórias marcadas pelas violências e pelas dificuldades enfrentadas em um ambiente hostil e opressor do passado na

Amazônia. Uma investigação cênica que coloca em foco a relação de gênero e o universo feminino. Quem são essas mulheres?

07/09 Sexta-feira

Vivência com grupo de tradição

Cultura Popular/60 min/livre

19h

AÇÕES FORMATIVAS

 

OFICINA INTRODUÇÃO A ARTE DA PALHAÇARIA com o Circo Amarillo – Arapiraca AL

Público alvo: livre

01 de setembro, das 08h às 14h

Vagas: 20

Ementa: A oficina trata a introdução a arte da palhaçaria, história e os movimentos artísticos que conduzem a vida do palhaço. Introdução a dramaturgia circenses e metalinguagem contemporânea. O Palhaço, momento histórico. Através de jogos que estimulam a criatividade e deixam o ser mais sutil e perceptível fazemos o contato com esta arte, que pode ser utilizada em vários contextos, música, teatro, dança e circo. A dramaturgia chega hoje no circo para libertar as outras linguagens que ele recebe para poderem fazer do Circo uma arte mais profunda e não simplesmente o entretenimento, chega a poesia alguma coisa a mais para dizer, hoje os artistas contemporâneos buscam novos caminhos e a dramaturgia os abraça e recebe para mostrar caminhos que os fara artistas únicos e não mais um que carrega a técnica por sim só.

06/09 Quinta-feira

Pensamento Giratório “Como existir em coletivo?”

Coletivo Lugar Comum – PE

18h no Sesc Arapiraca

Vivemos em tempos incertos, onde a única certeza parece ser a crise. Também no campo da arte as formas de categorizar e criar as obras são cada vez mais desafiadas por maneiras que borram fronteiras, misturam suportes e descartam convenções. Tudo isso pode gerar uma sensação incômoda pela falência dos critérios de compreensão ainda vigentes, mas também representa uma imensa potência no sentido de ampliar o alcance e o escopo do que é entendido como arte e como vivenciamos seus processo e organizações.

set
19
qua
Obsessão e dois personagens: espetáculo alagoano “Emmoní” estreia em setembro
set 19@19:00 – set 20@17:15

cleyton alves

Dois personagens, um ambiente, diálogos e cenas rápidas. É essa a proposta de Emmoní, espetáculo alagoano que estreia no dia 19 de setembro, em apresentação no Teatro Deodoro. Na trama, que significa “Obsessão”, Júlio está se preparando para encontrar Renata e imagina toda a noite que terão pela frente. Mas Renata chega e tudo muda: juntos, descobrem que o desejo é um caminho sem volta.

Em Emmoní, tudo se casa e se entrelaça por um motivo em comum. A música, a luz, os atores e o texto entram em consonância para levar o público a uma experiência focada no sentir. A escolha dos atores também não foi fácil. No teste, foram 52 inscritos para as duas vagas. Élita Vivas e Alan Cardoso ganharam as vagas após oito horas de apresentações. A peça é dirigida por Cleyton Alves, responsável mais recentemente pelo aclamado trabalho em Édipo Rei, e o texto é de João Herberth.

“Nós comunicamos através da obra algo que a público sequer imagina, mas sente. Todos nós sentimos juntos e chegamos à catarse. Não é fácil imergir todos, incluindo o público, nessas camadas. O meu prazer é sempre sair da zona de conforto. A zona de conforto se torna uma zona cega, pois nós não conseguimos ver além, só o que está a um palmo da nossa vista”, definiu Cleyton.

Os atores, inclusive, ensaiam em ritmo exaustivo. São três encontros por semana, com duração de mais de quatro horas, além de reuniões esporádicas para alinhar todos os detalhes. A peça, que foi contemplada no projeto ‘Teatro Deodoro é o Maior Barato’, está nos últimos detalhes. Os ingressos, inclusive, estão sendo vendidos a R$10,00 (meia) e R$20,00 (inteira). Para mais informações, é só ficar de olho nas redes sociais do Instituto de Preparação Para Cena (@cenaipc).

abr
20
sáb
Sesc abre inscrições gratuitas para Circuito de Criação Literária
abr 20 – abr 24 dia inteiro

Com o tema “Criação de Narradores”, o Sesc Alagoas abre inscrições para o Arte da Palavra, em Maceió, até 10 de maio, com a presença do autor Reginaldo Pujol Filho.

Dividido em quatro módulos, o laboratório trará exercício de escrita, leituras e muito debate, pautado em “quem é o narrador”, até a exploração de diferentes vozes e personalidades.

As aulas serão realizadas de 20 a 24/05/2019, das 18h às 22h, na Sala de Treinamento NDT, Sesc Poço. No final da oficina será emitido certificado para quem obtiver 75% de aproveitamento em todo o processo.

Os interessados devem preencher o formulário on-line  (até 10/05/2019, sexta-feira, 18h.). Serão disponibilizadas até 20 vagas para a oficina. Poderá haver uma lista de espera de até 10 pessoas.

O Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras, considerado atualmente como um dos maiores projetos literários nacionais, tem como objetivo oferecer ações que atuem em toda a cadeia da literatura, desde a formação e divulgação de novos escritores, a valorização das obras e escritores brasileiros e as novas formas de produção e fruição literária, possibilitadas pela emergência de discursos periféricos e a utilização de novas tecnologias, com isso, contribuindo para a democratização ao acesso à leitura, um dos pilares para o desenvolvimento social e cultural do país.

Considerando as diversas formas de manifestações literárias, o projeto é composto por três eixos:

  • Circuito de autores, que vai promover bate-papos de escritores de diversos estilos;
  • Circuito de oralidades, que reunirá manifestações como narrações de histórias, saraus, performances e slampoetry (modalidade da poesia falada em formato de batalha de versos);
  • Circuito de criação literária, com oficinas para aspirantes a escritores.

SOBRE A OFICINA “CRIAÇÃO DE NARRADORES”

Mais do que um curso, a atividade se define como um laboratório intensivo, repleto de experiências, exercícios de escrita, leituras e discussão, onde a palavra erro não tem vez.

Irá promover experiências narrativas. Tudo com o objetivo de criar narradores com personalidade para contos, romances e narrativas literárias. “Cada conto, novela ou romance que você escreve pode ter um narrador específico, com personalidade própria, com ideias, limitações e peculiaridades. E isso pode enriquecer suas narrativas, criando estranhamento e linguagem para o que você escreve”, diz o escritor.

COMO SE INSCREVER

Os interessados devem preencher o formulário on-line disponível (até 10/05/2019, sexta-feira, 18h.).

A lista com os selecionados será divulgada (até 17/05/2019, sexta-feira, 18h) no site do Sesc Alagoas: www.sescalagoas.com.br.

No caso de seleção, entraremos em contato por telefone e e-mail (é preciso responder a correspondência eletrônica para concluir o processo de inscrição e confirmar a participação) até o dia 20/05/2019 (segunda-feira), 12h. Caso contrário, um suplente será convocado para sua substituição. Por isso é importante que todos os dados fornecidos estejam corretos.

SOBRE O AUTOR

REGINALDO PUJOL FILHO é autor dos livros “Só Faltou o Título”, “Quero ser Reginaldo Pujol Filho” e “Azar do Personagem”. Tem mestrado e doutorado em Escrita Criativa pela PUCRS, além de ter feito pós-graduação em Artes da Escrita na Universidade Nova de Lisboa. Colabora com crítica e ensaio para veículos como O Globo, Zero Hora e Suplemento PE. Escreve roteiros de cinema, ministra oficinas presenciais e on-line e é curador da Coleção Gira de Literaturas de Língua Portuguesa da Editora Dublinense. Mais informações em: reginaldopujolfilho.wordpress.com.

SERVIÇO

MACEIÓ

– O Quê: Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras, Circuito de Criação Literária.

– Quem: Reginaldo Pujol Filho

– Local: Sala de Treinamento NDT, Sesc Poço, Rua Pedro Paulino, 40, Poço, Maceió/AL.

– Data: 20 a 24/05/2019.

– Horário: 18h às 22h.

– Vagas: até 20 pessoas.

– Inscrições on-line em www.sescalagoas.com.br  (até 10/05/2019, sexta-feira, 18h.).

– OFICINA GRATUITA.

maio
4
sáb
Sesc Arapiraca recebe Mostra Itinerante de Cinema “Nueva Mirada”
maio 4@14:00 – jun 8@19:00

Com a proposta de incitar a reflexão acerca de temas que circundam a infância e a juventude, o Sesc realiza a 2ª Mostra Itinerante do Festival Internacional de Cinema “Nueva Mirada”, para infância e juventude, nos dias 04,11,18 e 25 de maio, e 01 e 08 de junho, no Teatro Hermeto Pascoal, na Unidade Sesc Arapiraca.

A 2ª Mostra traz como princípio provocar um entendimento e participação dessa nova configuração histórica, ditada pelo uso de aparelhos tecnológicos de ponta, onde os jovens estão cada vez mais imersos.

A iniciativa pretende alcançar o público infanto-juvenil, mas também suas famílias, professores e artistas desse campo, além impulsionar filmes que não estão inseridos no circuito comercial.

Serão apresentados 6 dos 10 programas que compõe a Mostra Nacional, na Unidade Sesc Arapiraca. Os 10 programas são formados por oito longas-metragens e 19 curtas-metragens, de 16 países diferentes, como Canadá, Eslováquia, Letônia, Países Baixos, Rússia, Suécia, Suíça e outros.

Confira a programação:

Programa 1:

04/05, às 17h.

Puaj!, de Veit Helmer. Alemanha, 2014, 82’, dublado. Clas: Livre

Bollerville é um povoado tranquilo e na Europa, um lugar tão normal que se converteu na mostra perfeita para realizar estudos de mercado. Em consequência, os anciãos são internados em asilos para manter baixo o índice de idade média de seus habitantes.  Mas as crianças se negam a serem utilizadas como coelhinhos da índia e decidem agir.  Se rebelam contra seus pais porque não suportam a comida que a nova fábrica de alimentos instalada na cidade quer que elas consumam. Com a ajuda de seus avós começam a estabelecer um novo recorde na cidade.  O resultado é o caos total!

Programa 2:

11/05, às 17h.

A história da cabra: queijo de cabra, de Jan Tománek. República Tcheca, 2012, 83’, dublado. Clas: Livre.

Sequência do filme de animação de maior sucesso de todos os tempos na República Tcheca, “História de Cabra – As Velhas Lendas de Praga”. O pequeno Zuzanka, Honzik e Goat (Cabra) procuram os pais dos meninos, que aparentemente foram sequestrados pelo diabo para puni-los por produzirem um queijo de cabra diabolicamente rico. No entanto, os meninos os encontram, não no inferno, mas no Castelo, onde são forçados a fazer queijo para Kobyl, o conselheiro do rei. Kobyl ganhou a bênção do rei graças ao seu queijo. Embarcando em uma aventura perigosa e pegajosa, Kobyl acaba no inferno e a família se reúne.

Programa 3:

18/05, às 17h.

O galo de São Victor, de Pierre Greco. Canadá, 2014, 80’, dublado.

O prefeito de São Victor se orgulha da ordem e do dinamismo econômico de sua cidade. E ele atribui esse vigoroso sucesso ao seu corajoso mascote; um galo pontual e surpreendentemente barulhento que desperta todos os aldeões às quatro horas da manhã com precisão, todos os dias da semana, seja em dia de trabalho, sábado, domingo ou feriado. Mas alguns aldeões estavam fartos do pássaro impassível e precoce do galo, assim, decidem colocar um preço em sua cabeça! Eles conseguem desbancar o galo estridente, mas a vila sofre as consequências negativas imediatamente. Alertado pela repentina reviravolta econômica e social, um grupo de cidadãos formará um esquadrão especial para recuperar o pássaro.

Programa 4:

25/10, às 17h. Clas: Livre

Wickie e o Tesouro dos deuses, de Christian Ditter. Alemanha, 2011, 96’, dublado.

Quando Wickie se tornará um verdadeiro viking de uma vez por todas? Esta questão traz noites sem dormir para seu pai Halvar. Mas quando Sven, o Terrível, sequestra o chefe da aldeia Flake, Wickie tem sua grande chance. Como comandante interino, ele lidera um grupo de valentes Vikings até o castelo de Sven, onde Halvar é aprisionado. Mas a maior tarefa espera por eles. Cruzam oceanos enfurecidos, praias tropicais e perigosas planícies congeladas em busca do lendário Tesouro dos Deuses antes que Sven, o Terrível, o alcance. Mas Wickie mantém alguns truques na manga para evitar isso.

Programa 9:

01/06, às 17h.

Corrida, de Jānis Cimermanis. Europa, 2012, 7 min. Clas: Livre.

Uma tourada acontece na Praça de Touros de Madri, a capital espanhola. Desta vez, o toureiro não tem o mesmo sucesso que ele normalmente tem e ele é forçado a correr por sua vida. Ao encontrar um lugar para o abrigo do touro enfurecido, o toureiro usa o celular para pedir ajuda. A “equipe de resgate” recebe sua ligação. É a sua primeira chamada da Europa. Em seu novo avião amarelo, três homens corajosos partem para uma missão de resgate.

O Príncipe Rato, de Albert Radl. Alemanha, 2011, 14’30’’. Clas: Livre.

O Príncipe Rato é um conto de fadas com tudo o que tem para ser num conto de fadas: um castelo, uma princesa, um príncipe, um dragão, um admirador secreto e emoções profundas. Mas também tem um final inesperado e uma mensagem incomum sobre pequenos heróis e grandes desejos.

Grand Prêmio, de Marc Riba e Anna Solanas. Espanha, 2011, 8 min. Clas: Livre.

Céu claro. Veículos na linha de largada. Blas, Ivan e Hector tomam seus lugares. Vai começar! Preparar, apontar…

Kostya, de Anton Dyakov. Rússia, 2012, 5’44”. Clas: Livre.

Nossa história começa no cemitério, onde o esqueleto de Kostya vem ao mundo. Como uma criança feliz, Kostya vai em busca de seu futuro incerto que, claro, promete ser brilhante. O público se torna testemunha das aventuras de Kostya na megacidade moderna.

A Aula de Natação, de Danny de Vent. Bélgica, 2008, 9’10’’. Clas: Livre.

A mãe leva Jonas, com quatro anos de idade, para sua primeira aula de natação. É um mundo novo, ele está com medo e quer ir para casa. Na tentativa de escapar, ele cai na piscina e ninguém percebe. Graças aos flutuadores, ele não afunda, mas, terá que sair sozinho.

Ormie, de Rob Silvestri. Canadá, 2010, 3 min. Clas: Livre.

Ormie é um porco, em todos os sentidos da palavra. Porco vê biscoito. Porco quer cookie. Mas eles estão fora de alcance … ou não? Vamos ver as tentativas de Ormie para obter o sabor doce de sua obsessão.

Rodas, band-aids e Pirulitos, de María Medel. Espanha, 2010, 8min. Clas: Livre.

Hugo está feliz brincando com seu triciclo. Até conhecer a Carol. A partir daí ele fará qualquer coisa para impressioná-la.

Programa 10:

08/06, às 17h.

A campainha, de Dustin Rees. Suíça, 2007, 3’51’’. Clas: Livre.

Ser controlado pelo tempo pode deixar sequelas!

Lumi, de Martin Piana. Argentina, 2009, 3 min. Clas: Livre.

Lumi descobre seu mundo pela primeira vez. Olhe para o céu e mova-se antes das estrelas.

Nesse momento tudo escurece e de repente aparece GriGro, um ser estranho que cresce

imensamente com a ausência de luz.

Meu Monstro e Eu, de Claudia Röthlin. Suíça, 2008, 3’21’’. Clas: Livre.

Uma garota tem muito medo de monstros. Eles estão por toda parte: no porão, na rua e

embaixo da cama. Eles até olham por cima dos ombros ao fazer o dever de casa.

O Irmão Mais Velho, de Jesús Ernesto Pérez del Barco, Elisabeth Hüttermann. Suíça/Alemanha,2011, 6’. Clas: Livre.

Um filme para crianças sobre diversão e crueldade entre as crianças. Dois desenhos animados se tornam seres vivos. Eles humilham um terceiro personagem e zombam dele porque ele não está completo. No entanto, a superioridade dos dois primeiros não durará muito quando eles perceberem que é seu irmão mais velho.

O Caçador de Frangos, de Pascale Hecquet. Bélgica, 2011, 6 min. Clas: Livre.

A vida paira por um fio. Às vezes, isso depende apenas de um antigo interruptor. A questão (tanto da vida quanto da morte) é: mantemos a luz acesa ou desligamos? A exploração entre caçador e vítima se desenvolve ao ritmo da música.

Lágrimas de um Palhaço, de Claudio Sá. Portugal, 2011, 6 min. Clas: Livre.

A história de um velho palhaço que vive uma vida rotineira e solitária. As decisões tomadas aleatoriamente levaram a um presente infeliz.

Sou Redondo, de Mario Adamson. Suécia, 2011, 13’30’’. Clas: Livre.

Como todo mundo, Mathilda nasce “redonda”. Ao contrário dos outros, não pode – ou não quer– tornar-se um “quadrado”. À medida que cresce, tenta adaptar-se aos critérios das pessoas quadradas, mas sem sucesso. Um dia, em seu trabalho chato, ele conhece Alex. Ele é como ela: “redondo”.

Rising Hope, de Milen Vitanov. Alemanha, 2012, 10’. Clas: Livre.

Rising Hope costumava ser o cavalo mais rápido do mundo, mas, de repente, começa a perder corrida após corrida. Com a ajuda de um novo amigo Rising Hope recupera a esperança e, comisso, ele mesmo.

Sinalizador, de Adrian Flückiger. Suíça, 2008, 4’51’’. Clas: Livre.

Erwin é uma doninha que vive e trabalha em um semáforo. Seu trabalho é controlar as luzes.

Tarde ou Cedo, de Jadwiga Kowalska. Suíça, 2008, 5’. Clas: Livre.

Um esquilo e um morcego. Dois mundos e dois momentos do dia se enfrentam. As forças

subterrâneas governam o dia e a noite… e muito mais. Por acaso, esta vida cotidiana para.

Assim começa a jornada comum de dois personagens solitários.

O relógio de areia, de Pierre Schwarz. França, 2009, 1’23’’. Clas: Livre.

Diga a ela que você a ama… alguns momentos acontecem rápido demais. Alguns momentos curtos, mas decisivos, podem mudar sua vida.

Sinfonia monstruosa, de Kiana Naghshineh. Alemanha, 2012, 4 min. Clas: Livre.

Uma menina exercita sua voz com seus monstruosos amigos, para assustar os adultos.

Público Alvo: Crianças, educadores, estudantes, comerciários e seus dependentes

Chegou a vez do rock
maio 4@22:00 – maio 31@23:45

É rock em Maceió

Você gosta de Rock  ? 

Imagina as melhores bandas de Rock de Alagoas juntas e  com a magia que só a Middô tem.
É isso que os amantes do Rock vão encontrar  a partir desse sábado  na Middô. As  melhores bandas de Rock se apresentarão todos os finais de semana de maio sempre a partir das 22 horas .
E para abrir o festival teremos duas bandas nesse sábado …Banda Gravity e Alma de Borracha . A partir daí, os encontros passam a ser nas sextas feiras com a apresentação das Bandas Sifrão, Refuzzi , Som de Vinil e Jam 80.
Agora é juntar sua turma , os fãs do Rock, os seguidores das Bandas e fazer um grande encontro semanal no I MIDDÔ ROCK FESTIVAL.
Os ingressos individuais estão a venda através do www.sympla.com.br mas as mesas somente na loja etc&tal no Bomprecinho da Ponta Verde.
maio
11
sáb
Chegou a vez do rock
maio 11@22:00 – jun 7@23:45

É rock em Maceió

Você gosta de Rock  ? 

Imagina as melhores bandas de Rock de Alagoas juntas e  com a magia que só a Middô tem.
É isso que os amantes do Rock vão encontrar  a partir desse sábado  na Middô. As  melhores bandas de Rock se apresentarão todos os finais de semana de maio sempre a partir das 22 horas .
E para abrir o festival teremos duas bandas nesse sábado …Banda Gravity e Alma de Borracha . A partir daí, os encontros passam a ser nas sextas feiras com a apresentação das Bandas Sifrão, Refuzzi , Som de Vinil e Jam 80.
Agora é juntar sua turma , os fãs do Rock, os seguidores das Bandas e fazer um grande encontro semanal no I MIDDÔ ROCK FESTIVAL.
Os ingressos individuais estão a venda através do www.sympla.com.br mas as mesas somente na loja etc&tal no Bomprecinho da Ponta Verde.
maio
18
sáb
Chegou a vez do rock
maio 18@22:00 – jun 14@23:45

É rock em Maceió

Você gosta de Rock  ? 

Imagina as melhores bandas de Rock de Alagoas juntas e  com a magia que só a Middô tem.
É isso que os amantes do Rock vão encontrar  a partir desse sábado  na Middô. As  melhores bandas de Rock se apresentarão todos os finais de semana de maio sempre a partir das 22 horas .
E para abrir o festival teremos duas bandas nesse sábado …Banda Gravity e Alma de Borracha . A partir daí, os encontros passam a ser nas sextas feiras com a apresentação das Bandas Sifrão, Refuzzi , Som de Vinil e Jam 80.
Agora é juntar sua turma , os fãs do Rock, os seguidores das Bandas e fazer um grande encontro semanal no I MIDDÔ ROCK FESTIVAL.
Os ingressos individuais estão a venda através do www.sympla.com.br mas as mesas somente na loja etc&tal no Bomprecinho da Ponta Verde.
maio
25
sáb
Chegou a vez do rock
maio 25@22:00 – jun 21@23:45

É rock em Maceió

Você gosta de Rock  ? 

Imagina as melhores bandas de Rock de Alagoas juntas e  com a magia que só a Middô tem.
É isso que os amantes do Rock vão encontrar  a partir desse sábado  na Middô. As  melhores bandas de Rock se apresentarão todos os finais de semana de maio sempre a partir das 22 horas .
E para abrir o festival teremos duas bandas nesse sábado …Banda Gravity e Alma de Borracha . A partir daí, os encontros passam a ser nas sextas feiras com a apresentação das Bandas Sifrão, Refuzzi , Som de Vinil e Jam 80.
Agora é juntar sua turma , os fãs do Rock, os seguidores das Bandas e fazer um grande encontro semanal no I MIDDÔ ROCK FESTIVAL.
Os ingressos individuais estão a venda através do www.sympla.com.br mas as mesas somente na loja etc&tal no Bomprecinho da Ponta Verde.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com