quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Notícias

In:

Servidora do HE do Agreste lançará livro nesta segunda-feira (16)

Por Assessoria
O número 16 tem significado importante na vida da escritora, poetisa e cronista premiada em vários concursos literários, a assistente-administrativa Mônica Oliveira da Silva. Servidora do Hospital de Emergência do Agreste há 16 anos, Mônica Oliveira  lançará em Arapiraca, nesta segunda-feira (16), data da emancipação política de Alagoas, o seu primeiro romance de ficção “Lina”, que é um nome carinhoso dado pela escritora à personagem principal Carolina.
Nascida no Sítio Bom Nome, na área rural de Arapiraca, no dia 16 de setembro de 1983, a jovem escritora foi alfabetizada aos quatro anos de idade por sua tia, que era professora, e também pelo pai, Pedro Oliveira da Silva. Ela conta que, naquela época, no interior do Nordeste brasileiro, uma criança moradora da área rural, não era muito comum saber ler e escrever antes dos sete anos de idade.
“Desde pequena, sempre demonstrei muito interesse pelas letras”, lembra Mônica Oliveira. No ano de 2001, aos 17 anos, foi aprovada no vestibular da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), em primeiro lugar entre os candidatos ao curso de Letras daquele certame. “Ter crescido na área rural de Arapiraca, certamente, influenciou meu amor pela  escrita”, salienta a servidora do HE do Agreste.
Mônica Oliveira conta que já recebeu prêmios literários em concursos de poesia e prosa, elencando o Prêmio Literatura Nordestina – Antologia, da Casa Museu Graciliano Ramos, da cidade de Palmeira dos Índios, no ano 2007, nas categorias Crônica e Poesia.
Em 2007 também recebeu o Prêmio Maria das Neves de Poesia, da Prefeitura de Arapiraca. Mônica Oliveira também é autora de alguns espetáculos de teatro, como as comédias “Os Santos do Pau Oco” e “O Dia Da Noiva”. Também é de sua autoria, o espetáculo infanto-juvenil “Cadeira de Piolho”, peça que foi produzida e encenada pela Companhia da Sala de Espetáculos de Arapiraca, sob a direção de Alberto do Carmo, no ano de 2018, obtendo sucesso de público durante o período que esteve em cartaz.
Desde o ano de 2003 que Mônica Oliveira trabalha como assistente de administração no Hospital de Emergência Daniel Houly, onde é bastante conhecida e amada por toda a equipe.Graduou-se em Letras na Uneal e, quatro anos mais tarde, em 2008, depois de recuperar-se de um grave acidente de moto, que a deixou com sequelas motoras permanentes, Mônica Oliveira superou as adversidades e a deficiência física, que não impossibilitaram a jovem escritora continuar com suas criações literárias.
O lançamento do livro “Lina”, seu primeiro romance de ficção, iniciado e escrito no ano de 2005, será apresentado ao público na próxima segunda-feira (16), a partir das 20h30, na Sala de Espetáculos de Arapiraca, no bairro Teotônio Vilella, na Capital do Agreste
Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com