terça-feira, 24 de setembro de 2019

Notícias

In:

Ifal Palmeira lança programação para o Setembro Amarelo 2019

Por Assessoria

Setembro é o mês de prevenção ao suicídio. A campanha é realizada no Brasil desde 2015, sendo criada pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O Instituto Federal de Alagoas (Ifal), campus Palmeira dos Índios, apoia a campanha e quer falar sobre o assunto com seus estudantes, por isso a equipe de Assistência Estudantil vem se articulando na promoção de ações para o mês.

Segundo o CVV, no Brasil, 32 brasileiros se suicidam por dia e de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), nove em cada dez casos poderiam ser prevenidos. E a faixa etária que mais preocupa as autoridades é entre os 15 e 35 anos, por isso as ações no campus não se limitam apenas ao mês de setembro, mas durante todo o ano, através do atendimento do setor de psicologia e atividades pontuais voltadas ao corpo estudantil.

“Existe um tabu de que ao se falar sobre o suicídio, você induziria pessoas, que estejam passando por um sofrimento psíquico, a cometerem o ato. Como psicóloga, digo que o tema deve ser tratado com responsabilidade. Quanto mais falar, melhor, desde que seja sem julgamentos, mas com acolhimento, apoio e conversa. O mês de setembro serve de alerta para um problema que existe e vem se agravando cada vez mais”, explica Fátima Pimentel, psicóloga do campus.

Fátima alerta que em sala de aula, os professores devem ficar atentos ao perceber mudanças comportamentais extremas em seus alunos: “É importante que se observe aquele estudante muito eufórico ou muito triste. Mudanças comportamentais bruscas podem servir de alerta. Manter um diálogo responsável é fundamental”, diz.

As ações para o mês foram realizadas em articulação com a Diretoria de Ensino e com o corpo docente e técnico, que desenvolverá atividades ligadas à música, às linguagens, ao teatro, à leitura, dentre outros. “É um trabalho de articulação que vem sendo implantando desde 2017, incentivando e buscando essa conexão com a comunidade acadêmica. A semente foi plantada e este ano tivemos a adesão voluntária de vários profissionais do campus”, ressalta a assistente social, Ana Almeida.

Uma das novidades deste ano é a “Caixa do Desabafo”. Ela é sigilosa e ficará disponível para receber depoimentos e pedidos de ajuda dos alunos em frente ao Setor de Saúde. Para Ana, esta será mais uma ferramenta de voz para aqueles com ideação suicida.

“Achamos que as pessoas têm dificuldade de verbalizar. No papel, você pode liberar essa dor com mais facilidade. A ideia é que com essas cartas, possamos ter uma visão do aluno e orientar nosso planejamento para a campanha do próximo ano. Aqueles que forem identificados com essa ideação, serão encaminhados à Psicologia, por isso elas não podem ser anônimas”, destaca a assistente social.

Ações para o setembro amarelo

Música: O professor de Português, Diogo Souza, preparou uma lista no Spotify com músicas que tratam de superação. O objetivo é que os alunos possam entrar no clima do mês, através dos seus celulares. Acesse aqui!

Literatura: A bibliotecária, Gicelle Silva, separou um acervo especial de livros disponíveis na biblioteca do campus para empréstimo. São títulos que tratam sobre suicídio e depressão e formas de prevenção. Acesse aqui!

Atividades em sala: Os professores Edneide Leite e Diogo Souza vêm realizando atividades em sala, tratando do tema com textos e rodas de leitura, além de trazerem sessões de cinema.

Teatro: O professor do Ensino das Artes, Daniel Cavalcanti, e seus alunos do Programa de Extensão, Artifal, estão montando a peça: “Por um fio”, que será apresentada na culminância do projeto, no auditório do campus.

Confira a programação:

10/09 – Recepção dos alunos com a distribuição de folders e broches

18/09 – Ação de Práticas Integrativas Complementares, a partir das 8h. Será um espaço de integração com sessões de Reiki, auriculoterapia, medição de pressão e níveis glicêmicos. A ação será realizada com estudantes do curso técnico em Enfermagem do Centro Profissionalizante de Alagoas (CEPROAL).

23/09 – Apresentação no auditório do filme “Se enlouquecer, não se apaixone (2011)”, com debate após a exibição.

Apresentação do filme: “Gente como a gente (1980)”. Data a ser definida.

26/09 – Encerramento no auditório: apresentação da peça “Por um fio” e roda de conversa com equipe do setor da Assistência Estudantil do campus.

Durante todo o mês haverá o agendamento de sessões de auriculoterapia com a técnica em Enfermagem, Celsa Tenório. Ação destinada a alunos que apresentem sintomas de ansiedade, depressão, palpitações, stress, etc. SAIBA MAIS!

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com