quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Notícias

In:

Deputada Ângela Garrote é empossada como procuradora Especial da Mulher

Por Assessoria

Deputada Ângela Garrote

Em sessão especial realizada nesta sexta-feira, a deputada Ângela Garrote foi empossada como titular da Procuradoria Especial da Mulher, que será composta por mais três procuradoras adjuntas, as deputadas Fátima Canuto (PRTB), Flávia Cavalcante (PRTB) e Cibele Moura (PSDB). O órgão é mais uma bandeira encampada pela bancada feminina da Assembleia Legislativa e foi criado através do projeto de resolução de autoria da deputada Jó Pereira (MDB).

“Este dia ficará marcado na história do nosso Estado, como um divisor de águas na luta em defesa da mulher alagoana, a quem tanto admiro, por sua força, beleza e generosidade”, declarou Ângela Garrote. “Nesta data, tomo posse como Procuradora Titular, um cargo que assumo com muito entusiasmo, alegria e vontade para trabalhar intensamente pelas causas contra a violência e pela valorização da mulher”.

Durante o pronunciamento, Ângela Garrote destacou a luta da bancada feminina em prol da implantação da Casa da Mulher Alagoana, que pretende integrar os serviços públicos de atenção às mulheres em situação de risco. “Além disso, o Parlamento criou a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher Alagoana. E já estamos colhendo bons frutos”,ressaltou a procuradora, destacando o projeto de lei de autoria da deputada Cibele Moura, que proíbe a contratação para cargos em comissão, na esfera estadual, de condenados com base na Lei Maria da Penha. “Como procuradora, podem ter certeza que irei acompanhar casos, ouvir vítimas de violência e também autoridades, para apresentar propostas que tornem mais efetivas as medidas de proteção às mulheres”, assegurou Ângela Garrote, salientando que a violência doméstica é uma questão muito séria, que não pode mais ser protelada pelo poder público.

Por sua vez, a deputada Fátima Canuto destacou a importância da Procuradoria Especial da Mulher no fortalecimento do trabalho da bancada feminina na Casa de Tavares Bastos. Ela disse que, juntamente com as deputadas Ângela Garrote, Flávia Cavalcante e Cibele Moura, percorrerão todo o Estado para difundir a ideia. “Darei todo apoio e, juntas, vamos propor que outros municípios adiram à ideia e também construam a sua procuradoria municipal, porque será mais um instrumento que as mulheres terão de apoio a todas as causas femininas”, disse.

Na mesma linha, a deputada Cibele Moura observou que a Procuradoria Especial da Mulher é mais uma ferramenta que a Casa ganha para auxiliar no combate a uma violência tão nociva para a sociedade. “Costumo dizer que todas as coisas que a Assembleia Legislativa ganha, a sociedade também ganha. Podemos ver que uma bancada tão nova, que tem pouco mais de seis meses, já consegue inovar tanto quando o assunto é violência contra a mulher, quando a discussão temas voltados ao público feminino do Estado”, avalia a parlamentar.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com