quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Notícias

In:

Grêmio usa a velocidade para bater o Athletico-PR e encerrar jejum no Brasileiro

Atuando com reservas, o Grêmio mudou suas características para superar o Athletico-PR neste sábado, por 2 a 1, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Acostumados a tocar a bola com paciência, os comandados de Renato Gaúcho desta vez apostaram na velocidade e acabaram bem-sucedidos na tarefa de encerrar, em casa, o jejum de cinco jogos sem vitória da equipe gaúcha na competição.

Luan e Thaciano marcaram para a equipe gaúcha, enquanto Rony – no mais bonito lance da partida – descontou para o time da Arena da Baixada. Diego Tardelli ainda perdeu um pênalti e deixou a tarefa do atual campeão gaúcho de voltar a vencer no Brasileirão um tanto mais difícil.

O placar faz com que o time de Porto Alegre, envolvido ainda nas disputas da Copa do Brasil e da Copa Libertadores, respire um pouco no certame de pontos corridos, agora com 21 pontos, em 11º lugar, e um pouco mais distante da zona de rebaixamento. O time paranaense soma 22 pontos e figura em 9º lugar.

Mais aliviado, o Grêmio volta as atenções para o duelo de volta das quartas de final do torneio continental, que ocorre no Pacaembu na próxima terça-feira diante do Palmeiras. Na ida, a vitória foi dos paulistas, na casa gremista, por 1 a 0.

Grêmio e Athletico têm sido decantados como times que amam a posse de bola e gostam de trabalhá-la em progressão, com paciência. Mas o jogo deste sábado na arena gremista exibiu um time da casa optando por uma faceta bem diferente da usual. Para se ter uma ideia, a equipe de Renato Gaúcho foi para o intervalo com cerca de exíguos 36% do tempo com a pelota nos pés de seus jogadores. No fim, a estatística terminou um pouco mais equilibrada: 53% a 47% para o time visitante.

E não foi na base do toque de bola cadenciado que o time de Renato Gaúcho abriu o placar. O lance foi originado por uma marcação sob pressão, que acabou forçando o erro de Léo Pereira. Esperto, Thaciano roubou e rapidamente tocou para Luan, que, com calma, tirou de Santos para fazer 1 a 0.

O Athletico tentava manter a estratégia de aproximação e até criou duas ótimas chances de empatar, ambas rechaçadas pelo goleiro Júlio César, uma com Rony recebendo ótimo lançamento de Marcelo Cirino e a outra com Márcio Azevedo. Entretanto, o que mais chamou a atenção no primeiro tempo foram as transições defesa-ataque em altíssima velocidade da equipe da casa, que por pouco não ampliou com Thaciano em jogada pelo lado direito, em bomba espalmada por Santos aos 45.

Na volta do intervalo, mal houve tempo para que as duas equipes se reposicionassem em campo e o Athletico igualou o marcador. Aos dois minutos, Rony acertou um lindo voleio em lance que começou com Marcelo Cirino vencendo Paulo Miranda no mano a mano pela esquerda antes de fazer cruzamento milimétrico para o colega de ataque finalizar.

Ainda rápido em direção ao gol do adversário, o Grêmio, entretanto, não tardou a reagir e retomou a vantagem no placar. Surpreendendo a defesa paranaense vindo de trás, o volante Thaciano acertou forte cabeçada, aproveitando levantamento preciso pela direita de Galhardo: 2 a 1.

O jogo continuou movimentado e o Athletico continuava a rondar a área gremista quando surgiu uma boa chance para o time de Renato Gaúcho ampliar. Aos 25 minutos, Patrick, que veio do banco de reservas para substituir Luciano no ataque, sofreu pênalti de Márcio Azevedo logo em sua primeira participação. O árbitro ainda conferiu o lance na tela do VAR à beira do campo, mas confirmou a penalidade máxima.

Diego Tardelli, que não marcava há três jogos pelo Grêmio, foi para a cobrança e não teve o mesmo cuidado demonstrado pela arbitragem: bateu fraco, rasteiro, facilitando para o especialista Santos realizar a defesa.

Sem imaginação, a equipe paranaense não conseguiu retomar o ânimo após a intervenção de seu goleiro e ainda teve de contar com o camisa 1 novamente aos 44, defendendo tentativa de Patrick em outra rápida subida gremista.

Com a quinta vitória no campeonato sacramentada, o Grêmio volta a campo pelo Brasileirão visitando o São Paulo. Já o Athletico volta à Arena da Baixada para pegar o Ceará. Ambas as partidas estão marcadas para o próximo sábado, com o jogo do Morumbi começando às 11h e o de Curitiba às 19h.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 2 x 1 ATHLETICO-PR

GRÊMIO – Júlio César; Rafael Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Juninho Capixaba; Romulo, Thaciano e Luan (Darlan); Luciano (Patrick), Diego Tardelli (Michel) e Pepê. Técnico: Renato Gaúcho.

ATHLETICO-PR – Santos; Khellven, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo (Abner Vinícius); Wellington (Tomás Andrade), Léo Cittadini e Bruno Guimarães; Vitinho (Braian Romero), Marcelo Cirino e Rony. Técnico: Tiago Nunes.

GOL – Luan, aos 3 minutos do primeiro tempo, e Thaciano, aos 6 da etapa final; Rony, aos 2 do segundo tempo.

ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araujo (RJ).

CARTÕES AMARELOS – Romulo, Luciano e Juninho Capixaba (Grêmio); Léo Pereira (Athletico-PR).

RENDA – R$ 355.594,00.

PÚBLICO – 10.788 pagantes (12.748 no total).

LOCAL – Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Autor: Pery Negreiros, especial para AE
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com