segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Notícias

In:

21 anos: Casa da Cultura recebe estudantes para contação de história, oficinas e aulão

Por Assessoria

As comemorações dos 21 anos da Casa da Cultura de Arapiraca envolveram estudantes de todas as idades.

Esta foi uma semana especial, que contou com uma programação repleta de pontos altos a trazer o público ainda mais para o centro deste importante espaço de convivência, educação e conhecimento da segunda maior cidade de Alagoas.

Foi o caso da Oficina de Bonecas Abayomi, ocorrida no auditório da Casa com meninos e meninas da Escola de Educação Básica Construindo o Saber, do bairro Primavera.

Os estudantes se depararam com uma nova experiência: essas bonecas eram feitas por mulheres escravizadas, que as confeccionavam a partir de retalhos de suas roupas para dar aos seus filhos e filhas. Um singelo presente para a brincadeira e a criatividade.

Em iorubá, abayomi quer dizer “aquele que traz a felicidade”. E foi isso que se traduziu no rosto de Eric Henrique Cavalcante, de apenas 9 anos.

Com o sorriso à mostra, ele se esforçava para aprender como montar a boneca, usando tesoura e alguns nós.

“Boneca, a partir de hoje, é também ‘coisa de menino’. Gostei muito de fazer”, diz Eric, balançando sua obra no ar.

Os oficineiros – os estudantes de Pedagogia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Jozineide de Assis Roque, Luiz Júnior Souza da Silva e Natália Bandeira, que integram o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) do curso – salientaram a necessidade dessa temática vir à tona ainda cedo para estes jovens, visto que nosso país “cresceu” se apoiando em povos escravizados.

Outra importante oficina ocorrida por lá foi a de Confecção de Cordel e Xilogravura, também realizada por alunos de Pedagogia da Ufal.

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA

A parceria com os estudantes do PIBID Pedagogia da Ufal também se estendeu para a contação de histórias com o projeto “Hora do Conto”.

Além deles, quem fez a festa com a garotada foram os animadores Rosinha (Sônia Amorim) e Zé Calango (Henrique Avlis) fazendo também uma contação de história enfatizando o Mês do Folclore.

AULÃO DE GRAMÁTICA

Mais um destaque da semana dos 21 anos da Casa da Cultura foi o aulão de gramática para candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e de concursos feito pelo professor Edson Godoy.

Com seu bom humor, ele levou todos ao prazer do conhecimento através da descoberta da nossa língua-mãe.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com