domingo, 21 de julho de 2019

Notícias

In:

Rota da Fruticultura avança pelo interior do Ceará e de Alagoas para gerar desenvolvimento; Palmeira é o polo no Estado

Por Assessoria

Rota da Fruticultura avança por municípios do interior dos estados do Ceará e de Alagoas

Brasília-DF, 5/6/2019 – A Rota da Fruticultura avança por municípios do interior dos estados do Ceará e de Alagoas para fortalecer, de forma sustentável, a produção da agricultura familiar de acordo com as potencialidades locais e, assim, promover o desenvolvimento. O projeto faz parte das Rotas da Integração Nacional, uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) que atua para reduzir as desigualdades das regiões, melhorar a qualidade de vida da população, gerar emprego e renda e, ainda, garantir quantidade e qualidade nos produtos para atender as demandas dos mercados nacional e internacional.

A partir da identificação das potencialidades locais, a Secretaria Nacional de Desenvolvimento Regional e Urbano (SDRU/MDR), em conjunto com os órgãos parceiros, associações e entidades locais, realiza o diagnóstico, levando em conta questões como capacidade hídrica, energética, de escoamento da produção (rodovias, aeroportos, ferrovias e portos), capacidade de beneficiamento e produtiva.

Também é oferecido apoio técnico e de planejamento estratégico para estruturar e profissionalizar o trabalho dos agricultores. “Nosso objetivo é fomentar e qualificar os processos a partir de capacitações técnicas, por meio de parcerias com órgãos e academia, para fortalecer a cadeia produtiva nas regiões dos Polos”, explica a coordenadora da Rota da Fruticultura, Simone Noronha.

Com mais de 100 municípios e 19 frutas elencadas como prioritárias, o Polo de Palmeira dos Índios foi o primeiro a ser implementado em Alagoas. Na última semana, foi realizada uma capacitação com técnicos do MDR, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Um dos objetivos do encontro foi adequar a metodologia de plantio dos produtores dentro dos critérios exigidos pela legislação brasileira, justamente para que eles adquiram a certificação de qualidade das frutas com o selo ‘Brasil Certificado’. Diversos outros temas foram tratados, com o objetivo de estruturar as atividades produtivas.

No Ceará, o Polo da região do Cariri, com 29 municípios e 20 frutas, já está em processo de implantação. Na última semana foi realizada uma primeira reunião com os setores envolvidos e, o próximo passo, será a oficina de planejamento estratégico.

Rotas da Integração

O Programa atua com redes interligadas de Arranjos Produtivos Locais (APL) que promovem inovação, diferenciação, competitividade e lucratividade de empreendimentos associados, a partir da coordenação de ações coletivas e iniciativas de agências de fomento. As atividades, que seguem as diretrizes da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), contam com apoio de outros órgãos federais como a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco (Codevasf), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com