terça-feira, 16 de julho de 2019

Notícias

In:

A pedido da Anacrim, ALE realiza audiência pública sobre o sistema prisional alagoano

Por Assessoria

Após pedido da Associação Nacional da Advocacia Criminal em Alagoas, uma audiência pública na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE-AL) irá discutir a situação do sistema prisional alagoano. A sessão, requerida pelo deputado estadual Inácio Loiola (PDT), será aberta ao público e ocorrerá na segunda-feira (03) a partir das 15h.

A audiência ocorre um mês depois da Anacrim visitar o Baldomero Cavalcante e encontrar uma situação crítica no local, desde a defasagem de agentes penitenciários – 05 agentes para um corredor com mil presos -, passando pela falta de remédios na enfermaria – não há remédios para presos com sífilis e hepatite, por exemplo -, pela falta de estrutura, até chegar na superlotação dos presos.

A visita foi realizada no dia 02 de maio, após solicitação da Anacrim ao Sindapen, já que advogados têm dificuldades em atender os clientes, devido à falta de agentes penitenciários para realizar a escolta de presos da cela até o parlatório. Os problemas existentes nas unidades prisionais não são recentes, mas esta foi a primeira vez que uma entidade da advocacia percorreu os corredores de uma unidade prisional para ver de perto a situação.

Para o presidente da Anacrim em Alagoas, Manoel Passos, já está mais que na hora de o sistema prisional ser colocado em pauta pelo poder público.“A audiência pública sobre o Sistema Penitenciário Alagoano tem muita pertinência devido aos problemas constantes, que prejudicam não só a advocacia criminal como toda a sociedade. Os problemas passam por estrutura fisíca e humana. A Anacrim Alagoas teve a iniciativa de requerer ao deputado Inacio Loiola e foi prontamente atendida. Convidamos a toda sociedade alagoana para participar”, diz.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com