segunda-feira, 22 de julho de 2019

Notícias

In:

Bancos chineses negam envolvimento em investigação sobre sanções a norte-coreanos

Três bancos chineses negaram envolvimento em uma investigação relacionada a possíveis violações de sanções aplicadas à Coreia do Norte, depois de reportagens sobre o assunto. Na segunda-feira, o Washington Post noticiou que três bancos chineses foram julgados culpados por um juiz americano por terem recusado participar de uma apuração sobre violações a sanções norte-coreanas, uma decisão que poderia impedir seu acesso ao sistema financeiro dos Estados Unidos.

As três instituições financeiras não foram identificadas pelo juiz, mas a reportagem disse que os detalhes da decisão do tribunal se alinham com uma ação de confisco civil de 2017 contra três bancos chineses – Bank of Communications, China Merchants Bank e Shangai Pudong Development Bank.

Em Hong Kong, as ações do China Merchants Bank caíram quase 10% nesta terça-feira, antes de recuperarem algumas das perdas durante o pregão, após a instituição negar que estava sendo investigada. Já o Bank of Communications, um credor estatal, disse em um comunicado que um tribunal americano pediu a bancos chineses que entregassem informações sobre seus clientes fora dos EUA e apontou que o pedido é uma questão legal e deve ser realizado conforme a lei.

O Shanghai Pudong Development Bank, por sua vez, afirmou que não poderia fornecer informações aos clientes para autoridades estrangeiras sem autorização. As ações do banco caíram 3,1% nesta terça-feira, recuperando-se de uma perda de 4% no início do dia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com