quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Notícias

In:

Zverev vence chileno e fatura título no saibro de Genebra antes de Roland Garros

A um dia do início de Roland Garros, a final de outro torneio no saibro agitou o mundo do tênis neste sábado. Na decisão do ATP 250 de Genebra, na Suíça, Alexander Zverev venceu um duro confronto contra o chileno Nicolas Jarry para conquistar o seu primeiro título nesta temporada. O alemão teve sorte para salvar dois match points e triunfar por 2 sets a 1 – com parciais de 6/3, 3/6 e 7/6 (10/8).

A partida durou 2 horas e 35 minutos e teve duas longas interrupções por causa da chuva. Entretanto, as condições adversas não impediram a conclusão do jogo, que deu a Zverev o seu 11.º título na carreira. A conquista é a quinta do tenista de 22 anos no saibro e serviu como boa preparação para a disputa de Roland Garros. As outras cinco glórias do alemão foram na quadra dura.

Zverev não conquistava um título desde novembro de 2018. Na ocasião, o alemão venceu o ATP Finals, em Londres. Em 2019, ele disputou sete torneios seguidos no saibro e só havia vencido cinco jogos no piso. Entretanto, o tenista teve grande desempenho na última semana e faturou o ATP 250 de Genebra com quatro vitórias consecutivas.

No primeiro set da decisão, o tempo colaborou e os adversários puderam mostrar seu talento. E Zverev logo mostrou que queria levantar o troféu. O número 5 do mundo criou nove break points, quebrando o saque de Jarry logo no segundo game. O alemão também errou pouco, cedendo somente três pontos nos games em que sacou. Já o chileno conseguiu salvar dois break points, mas perdeu a parcial por 6/3.

Na abertura do segundo set, Jarry tinha o saque, mas logo começou a chover forte e a partida foi suspensa. Após mais de uma hora de paralisação, ela foi reiniciada, ainda sob leve precipitação. No decorrer da parcial, o chileno conseguiu uma quebra e fez 4/2. Logo após, no oitavo game, a chuva se intensificou e o jogo foi novamente interrompido. Quando a partida foi retomada, Zverev ainda salvou três set points em seu serviço, mas acabou perdendo a parcial por 6/3.

O terceiro set aconteceu já durante a noite e foi necessário acionar a iluminação artificial. Por outro lado, a chuva parou. A última parcial não teve quebras. Ao contrário do que foi visto nos dois primeiros sets, Zverev só teve um break point. O alemão até ficou perto da glória quando a parcial estava em 5/4 e 6/5, mas Jarry confirmou o saque em dois games longos.

A partida foi para o tie-break, que começou bom para Zverev. O alemão abriu 4 a 0 e chegou a liderar por 6 a 3, tendo dois match points, mas Jarry conseguiu dois bons saques e evitou momentaneamente a derrota. Depois, o chileno ainda salvou o terceiro match point do adversário.

Jarry acabou ganhando quatro pontos seguidos, mas desperdiçou um match point ao errar um voleio. Logo após, o chileno teve mais um match point, mas seu forehand parou no meio da rede. Já Zverev conseguiu reagir e vencer os três últimos pontos para confirmar a vitória e o título em Genebra.

Em Roland Garros, os finalistas devem estrear na próxima terça-feira. Zverev joga contra o australiano John Millman, enquanto que Jarry enfrenta o argentino Juan Martin del Potro.

NA FRANÇA – O sábado também marcou a decisão do ATP 250 de Lyon, no saibro. E quem levou a melhor foi um tenista do país. Benoit Paire, de 30 anos, superou o canadense Felix Auger-Aliassime, de apenas 18, por 2 sets a 0 – com parciais de 6/4 e 6/3, em 1 hora e 20 minutos – para conquistar o seu terceiro título neste tipo de quadra, o terceiro de sua carreira.

Ele já havia triunfado em 2019 no saibro de Marrakesh, no Marrocos, em abril. A outra conquista do francês, que disputou neste sábado sua sétima final, aconteceu no anos de 2015, em Bastad, na Suécia, também no saibro.

O tenista da casa foi melhor no saque e errou menos para conquistar a vitória em Lyon. Ambos seguem na França para a disputa de Roland Garros. Entretanto, a promessa canadense preocupa: após a final em Lyon, Aliassime revelou que sentiu um desconforto na região do adutor e da virilha.

Sem maiores preocupações, Paire estreia contra o romeno Marius Copil nesta segunda-feira. No mesmo dia, Aliassime tem jogo marcado contra o australiano Jordan Thompson.

Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com