segunda-feira, 22 de julho de 2019

Notícias

In:

Sessão especial discute valorização do profissional de enfermagem

Por Assessoria

Assembleia Legislativa, em sessão especial realizada nesta sexta-feira, 31. Com o tema “Enfermagem, uma voz para liderar: saúde para todos”,

As demandas da enfermagem alagoana foram discutidas na Assembleia Legislativa, em sessão especial realizada nesta sexta-feira, 31. Com o tema “Enfermagem, uma voz para liderar: saúde para todos”, o encontro foi de iniciativa do deputado Davi Maia (DEM) e contou com a participação de representantes do Conselho Regional de Enfermagem (Coren). O objetivo foi discutir algumas demandas, como a Lei do Descanso, a jornada de trabalho e o piso salarial da categoria no Estado. Após os debates, o deputado Davi Maia anunciou que protocolou, na manhã de hoje, na Casa, um projeto de lei instituindo a “Lei do Descanso Digno”, uma das principais reivindicações da classe. A sessão faz parte da programação da 2ª Semana da Enfermagem Alagoana (Senfa).

“Debater a enfermagem alagoana é fundamental. São esses profissionais que estão no dia a dia, salvando vidas, pensando justamente nas pessoas. Porém, pouca importância tem-se dado à classe. Em parceria com o Conselho Estadual de Enfermagem, queremos fortalecer essa luta”, declarou Davi Maia, destacando que vai apresentar, no Parlamento, propostas que visem proporcionar melhores condições de trabalho, para que os profissionais da enfermagem exerçam a função dignamente.

O presidente do Coren, Renné Costa, disse que hoje é um dia histórico para a categoria, uma vez que a enfermagem alagoana ainda não tinha nenhum projeto de lei da profissão, instituído na Assembleia Legislativa ou Câmaras Municipais alagoanas. “O deputado Davi Maia está fazendo história, reconhecendo a importância social, institucional e política dos mais de 25 mil profissionais de enfermagem do Estado, visando dar um pouco mais de dignidade à classe”, observou Costa, acrescentando que os enfermeiros representam cerca de 60% dos trabalhadores da área da saúde no Estado. “E que hoje estão adoecendo por falta de condições de trabalho. O profissional de enfermagem por ser o único que, sete dias por semana e 24 horas por dia, está ao lado dos pacientes, é sempre o mais cobrado”, ressaltou o presidente do Coren, pedindo o apoio do Parlamento na aprovação do projeto da “Lei do Descanso Digno”, apresentado por Davi Maia.

Representando a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a secretária-adjunta Nádja Tenório destacou a importância do debate e se colocou à disposição da categoria. Ela reconhece que há uma carência de profissionais de enfermagem e acredita que a classe contará com o apoio do Legislativo na aprovação de projetos de lei que venham beneficiar os enfermeiros alagoanos. “É uma questão de tempo. Os enfermeiros têm feito uma enfermagem diferente. Hoje podemos ver isso na SMS. Todos os quadros de rede de atenção psicossocial são gerenciados por enfermeiros”, observou Nádja Costa.

O deputado Cabo Bebeto (PSL), que esteve presente à sessão especial, disse que a luta é inteligente e necessária. “Meu gabinete está junto nessa luta por igualdade de direitos. Podem contar conosco”, se disponibilizou o parlamentar.

A sessão especial contou com a participação de estudantes, profissionais e representantes de entidades ligadas à área da enfermagem, como a presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Alagoas (Sineal), Renilda Barreto, e o presidente do Conselho Federal de Enfermagem, Lauro César de Morais.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com