domingo, 19 de Maio de 2019

Notícias

In:

Renovação do secretariado fortalece o Governo técnica e politicamente, diz Renan Filho

Por Assessoria

Posse encerra ciclo de renovações do secretariado para o segundo mandato

As posses do secretário-chefe do Gabinete Civil, Fábio Farias, e da secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Cecília Rocha Hermann, nesta segunda-feira (22), marcaram o fim do ciclo de alterações promovidas pelo governador Renan Filho no primeiro escalão do Governo de Alagoas para seu segundo mandato. De acordo com o governador, o Executivo deve seguir com a formação atual, fortalecido dos pontos de vista técnico e político.

“Com a chegada do Fábio Farias e da Cecília, a gente monta o primeiro escalão do Governo. Com muita paciência, com muita calma, procurando ouvir a todos, eu vim montando o Governo com dois objetivos. Ter um primeiro escalão denso, do ponto de vista técnico e do ponto de vista político, e que me desse a condição para, no campo da administração pública, gerencial, dar velocidade e estabilidade política para que a gente pudesse avançar sem sobressaltos”, explicou Renan Filho.

Segundo o governador, o primeiro escalão do atual Governo foi desenhado a partir do diálogo com diversos setores. “A marca da formação do segundo Governo foi o diálogo. Vamos corrigir alguns rumos que precisamos corrigir e entregar o que precisa ser entregue. Continuar avançando na qualidade da educação, elevando o Ideb. Na saúde, vamos entregar os equipamentos que lutamos ao longo do primeiro Governo para construir. Vamos seguir reduzindo a violência. Em abril deste ano, vamos fechar o quarto mês seguido com redução de violência com relação a 2018, que foi o ano com menor número de mortes em nosso Estado. Essas serão as nossas tarefas principais. Para isso, teremos que manter as finanças equilibradas, dialogar com a Assembleia Legislativa, prefeituras e com o setor produtivo para que a gente consiga manter o mesmo ritmo”, avaliou o governador.

Sobre as missões de cada secretário empossado nesta segunda-feira, Renan Filho apontou o papel estratégico de Fábio Farias e o elo representado por Cecília Rocha entre o Governo e o setor produtivo. “Fábio Farias retorna para que a gente possa, no segundo mandato, fazer um trabalho ainda melhor do que o primeiro, que foi um compromisso que fizemos. A Cecília é uma jovem que vem para aumentar a estabilidade e a densidade política do Governo e que vai fazer um trabalho na área da Ciência, Tecnologia e Inovação para aproximar o Governo da academia e do setor produtivo, especialmente a área das novas empresas de tecnologia, as startups, das novas soluções para a vida do cidadão”, observou.

O médico Fábio Farias, que volta ao Gabinete Civil, órgão que comandou entre 2015 e 2018, lembrou a missão articuladora da pasta e garantiu esforços para promover a convergência entre os três poderes e a sociedade civil para o desenvolvimento de Alagoas. “O Gabinete Civil é um facilitador do processo interno e do processo externo do Governo. Ele tem que ser a secretaria da convergência, e nós vamos fazer exatamente isso. Facilitar as ações internas e externas, a convivência dos que pensam diferente, mas que se irmanam na ética, na defesa do bem comum e lutam por um futuro melhor. A convergência é o meu foco, e o Gabinete Civil é precisamente o órgão governamental responsável pela manutenção e construção de pontes entre o Executivo, os demais poderes constituídos e as instituições representativas da sociedade”, disse Farias.

A nova secretária da Ciência e Tecnologia apontou entre suas prioridades a entrega do Polo de Tecnologia da Informação, no bairro de Jaraguá. “É nossa grande expectativa. Estamos pensando especialmente no Polo Tecnológico, que tem 95% do seu projeto concluído. A importância desse Polo se ajusta às preocupações sociais do Governo de Alagoas. Precisamos ir além, usando a tecnologia para tornar o Estado ainda mais eficiente. Estamos disponíveis para trabalhar, junto com a Secretaria da Fazenda e o Instituto de Tecnologia, na implantação das tecnologias que vão auxiliar na arrecadação do Estado, reduzindo as despesas e evitando tentativas de sonegação e outros crimes. Vamos incentivar os desenvolvedores de programas e startups. Não podemos esquecer a importância da popularização da ciência e do incentivo e preparo das crianças e adolescentes. Ciência e educação não podem estar separadas”, afirmou Cecília Rocha.

As posses foram prestigiadas pelos presidentes do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Tutmés Airan; da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Marcelo Victor; do Tribunal de Contas de Alagoas, conselheiro Otávio Lessa; da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas, Nivaldo Barbosa; da Federação da Indústria, José Carlos Lyra; além do procurador-geral de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça, dos deputados federais Marx Beltrão, Isnaldo Bulhões e Paulo Fernando dos Santos, de deputados estaduais, prefeitos, vereadores e secretários de Estado.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com