quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Notícias

In:

Lesionada, Halep desiste de jogar em Stuttgart e garante Osaka no topo do ranking

Depois de ter defendido a Romênia no final de semana em jogos válidos pelo confronto diante da França, fora de casa, pelas semifinais da Fed Cup, Simona Halep anunciou nesta terça-feira a sua desistência do Torneio de Stuttgart, na Alemanha, por causa de uma lesão no quadril. Com o seu abandono no evento realizado em quadras de saibro, a tenista perdeu a chance de poder assumir a liderança do ranking mundial nesta semana.

O posto de número 1 do tênis feminino seguirá nas mãos na japonesa Naomi Osaka, que é cabeça de chave número 1 da competição alemã, na qual ela estreará direto na segunda rodada. Hoje, a jogadora asiática está apenas 185 pontos à frente da atleta romena, atual vice-líder da listagem da WTA.

No último domingo, Halep enfrentou um desgastante duelo de três sets contra a francesa Caroline Garcia, batida por 2 sets a 1, mas a França acabou triunfando na série melhor de cinco partidas com a Romênia e avançou à decisão da Fed Cup, na qual terá pela frente a Austrália. No sábado, por sua vez, a número 2 do mundo passou com facilidade por Kristina Mladenovic no primeiro dia do embate entre romenas e francesas.

Para alcançar a liderança do ranking mundial nesta semana, porém, Halep teria de conquistar o título em Stuttgart e ainda contar com a eliminação de Osaka já na estreia da japonesa na Alemanha. Até por isso, anteriormente já era considerada pequena a chance de a vice-líder assumir o topo durante esta semana.

Ao confirmar a sua desistência do torneio alemão, Halep revelou que se lesionou em uma queda sofrida ainda no primeiro set da partida de domingo contra Garcia. “Eu senti uma dor no quadril”, disse a romena, para depois enfatizar: “Se eu não estou 100%, eu não quero entrar em quadra. Eu também estou exausta mentalmente porque dei o meu melhor nesse confronto (entre os países), mas infelizmente não conseguimos vencer”.

Ao justificar a sua ausência em Stuttgart, ela também ressaltou que “tem de pensar na sua saúde em primeiro lugar” e que continua abalada com a eliminação da Romênia diante das francesas. “É uma sensação ruim porque eu deu tudo. Eu queria muito vencer a Fed Cup. Foram muito tristes para mim os últimos dois dias. Já passei por momentos como este muitas vezes, então sei como lidar com isso. Eu só preciso me recuperar mentalmente e fisicamente e depois começar de novo”, destacou.

Com a desistência de Halep, Angelique Kerber foi movida para o posto da romena na chave de Stuttgart, no qual a tenista da casa abrirá campanha somente na segunda rodada contra a ganhadora da partida entre a também alemã Andrea Petkovic e a espanhola Sara Sorribes Tormo, programada para ser encerrada nesta terça-feira.

Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com