domingo, 25 de agosto de 2019

Notícias

In:

Ilhabela decreta estado de emergência após vendaval; modelo está desaparecida

A prefeitura de Ilhabela decretou estado de emergência na manhã desta segunda-feira, 29, após fortes chuvas com rajadas de vento de até 123 km/h atingirem o arquipélago neste domingo, 28.

O vendaval no litoral norte derrubou cerca de 300 árvores, interditou a estrada de Castelhanos e o pier principal da ilha e deixou sem energia e telefonia diversos bairros. Durante a ventania, a modelo Caroline Bittencourt, de 37 anos, desapareceu após um passeio de barco em Ilhabela. A modelo e o marido, o empresário Jorge Sestini, foram surpreendidos por um temporal.

O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, decretou estado de emergência após conferir os estragos provocados pelo vendaval. Segundo a Defesa Civil da ilha, desde o domingo foram contabilizadas quedas de mais de 300 árvores, muros, destelhamento de casas e deslizamentos de terras.

O fornecimento de energia elétrica foi interrompido e restabelecido em algumas regiões da cidade. Neste momento, mais de oito equipes da Elektro estão trabalhando para normalizar o fornecimento de energia em todo o município. A estrada de Castelhanos também sofreu com a queda de árvores e deslizamentos de terra e também foi interditada. No domingo, alguns jipeiros e turistas precisaram ser resgatados pela Defesa Civil, pois não havia como retornar devido ao bloqueio da estrada.

Em relação ao grande número de árvores caídas, a orientação é para que a população mantenha distância como precaução do risco de choque elétrico.

A Defesa Civil, juntamente com o Corpo de Bombeiros, interditou parcialmente o Píer da Vila, após três colunas serem atingidas por um flutuante que se desprendeu, comprometendo parte da sua estrutura. Uma equipe técnica da prefeitura fará vistoria no local para determinar as medidas cabíveis.

Diante do quadro exposto, a prefeitura determinou a suspensão do atendimento ao público do Paço Municipal nesta segunda, 29. Todos os funcionários municipais estão empenhados em ajudar no atendimento das ocorrências e soluções das demandas.

“Nos mobilizamos e não estamos medindo esforços para garantir a segurança das pessoas, que de alguma forma sofreram algum dano. Desde o início estamos priorizando atendimento aos locais que mais oferecem risco à nossa população”, ressaltou o gestor municipal Márcio Tenório. O serviço de travessia de balsa entre São Sebastião e Ilhabela opera normalmente nesta segunda. No domingo, devido aos ventos e à força da maré, o serviço ficou suspenso por cerca de cinco horas.

Modelo continua desaparecida

Equipes da Marinha e do Grupamento de Bombeiros Marítimos (Gbmar) prosseguem as buscas em Ilhabela para tentar localizar a modelo Caroline Bittencourt, de 37 anos, que está desaparecida desde o fim da tarde de deste domingo, após cair do barco em que estava durante um vendaval.

A modelo e o marido, o empresário Jorge Sestini, retornavam de Ilhabela no fim da tarde, quando foram surpreendidos por uma forte ventania.

Segundo informou a Capitania dos Portos, em São Sebastião, o aviso do desaparecimento da modelo foi comunicado na manhã desta segunda, 29. O Gbmar foi acionado sobre o acidente no início da noite do domingo. Três equipes fazem buscas na região. A lancha em que estava o casal, modelo cataramã, de 17 pés, foi localizado, mas a modelo permanece desaparecida.

A embarcação com Jorge e Caroline deixou a ilha às 16h40 com destino à Praia Pontal da Cruz, quando, devido à força dos ventos e da maré, a modelo foi lançada ao mar. Segundo relatos feitos por Jorge ao Gbmar, logo após ser resgatado, ele teria se jogado na água, mas não conseguiu salvar Caroline. O barco teria ficado à deriva e levado em direção ao alto mar. O barco foi localizado na manhã desta segunda, mas a modelo segue desaparecida.

Carol, como a modelo é conhecida, estava casada com o empresário desde janeiro. O marido, ainda abalado, acompanha as buscas em Ilhabela.

Outros casos. Ainda no fim da tarde de domingo, uma família com uma criança de nove meses foi resgatada por outra embarcação após o barco em que se encontravam naufragar. A família estava num bote inflável, à deriva no canal de São Sebastião. O Gbmar socorreu 30 pessoas que ficaram “isoladas” em ilhas de Caraguá, Ubatuba e São Sebastião durante o vendaval ocorrido na tarde de domingo.

Autor: Salim Burihan
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com