quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Notícias

In:

Bolsas da Europa fecham em queda com bancos refletindo balanços frustrantes

As bolsas da Europa fecharam majoritariamente em queda nesta quinta-feira, 25, com os bancos europeus liderando as perdas enquanto investidores mantiveram os balanços de importantes instituições financeiras europeias, que frustraram as expectativas, no radar. O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em baixa de 0,21%, em 390,15 pontos.

Na manhã desta quinta, o banco britânico Barclays anunciou que teve lucro antes de impostos menor do que o esperado por analistas no primeiro trimestre deste ano, apesar de ter recuperado o prejuízo observado no mesmo período de 2018. Os papéis do Barclays encerraram o dia em queda de 3,59% e arrastou para o negativo ações de outros bancos britânicos, como o RBS (-2,61%) e o Lloyds (-1,78%). Na Bolsa de Londres, o índice FTSE 100 fechou em queda de 0,50%, em 7.434,13 pontos.

O setor financeiro também prejudicou a Bolsa de Frankfurt, que fechou em queda de 0,25%, em 12.282,60 pontos. As conversas a respeito de uma possível fusão entre o Commerzbank e o Deutsche Bank, os dois maiores bancos da Alemanha, a maior economia da Europa, foram encerradas hoje. Ambos os bancos citaram que a fusão não é do interesse de nenhuma das instituições. No fim do pregão, as ações do Commerzbank caíram 2,29%, enquanto os papéis do Deutsche Bank recuaram 1,49%.

Ainda no setor bancário, os espanhóis BBVA e Banco de Sabadell também fecharam o pregão em queda, de 0,83% e 0,18%, respectivamente, mas não impediram o índice Ibex 35 de destoar das demais praças e fechar em alta de 0,47%, com 9.501,77 pontos na Bolsa de Madri. Na Itália, as ações do Banco BPM (-0,49%) e do UniCredit (-0,45%) também recuaram, com o índice FTSE Mib fechando perto da estabilidade, em leve queda de 0,02%, com 21.719,88 pontos.

A exceção do setor fica com o suíço UBS, que divulgou resultado surpreendente pela manhã. Apesar de ter apresentado queda de 27% no lucro do primeiro trimestre, o resultado ficou acima da estimativa de analistas consultados pelo próprio banco, que esperavam lucro ainda menor. No mercado acionário da Suíça, os papéis do UBS subiram 1,23%.

Na França, os papéis do Carrefour, que divulgou relatório de vendas na quarta-feira após o fechamento dos mercados, subiram 3,55%. O índice CAC 40, da Bolsa de Paris, no entanto, fechou em queda de 0,33%, em 5.557,67 pontos. Em Lisboa, o índice PSI 20 recuou 0,09%, em 5.351,77 pontos.

Autor: Gabriel Wainer
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com