quinta-feira, 18 de julho de 2019

Notícias

In:

Sem dialogo com a Frigovale, marchantes podem levar o abate de gado de Arapiraca para Maceió

Por Roberto Gonçalves

Alegando o elevado preço no abate de animais em Arapiraca e da falta de diálogo com a direção do frigorífico Frigovale, a Cooperativa dos Açougueiros de Alagoas (Coopal), anunciou que deverá em comum acordo com mais de 90% dos marchantes e fateiras da cidade, realizar o abate dos animais em Maceió.

Segundo o marchante Marlos Santos, a cooperativa é responsável pelo abate de animais de médio e grande porte, como caprinos, bovinos e suínos, mas não vem recebendo a devida atenção da empresa.

Na empresa arapiraquense, o preço do abate bovino é de R$ 94,02, enquanto o de suínos fica em R$ 42,30. O abate de ovinos e caprinos é de R$ 28,20. Para marchantes que residem em outras cidades, o abate de suínos fica no valor de R$ 63,73 e o de ovinos e caprinos passou a ser R$ 37,17.

Em meio a toda a polêmica, seguem as denúncias quanto ao abate clandestino de animais na cidade. A Vigilância Sanitária já informou que está fiscalizando os pontos de venda, mas que o abate é de responsabilidade dos órgãos de fiscalização estaduais. Na próxima semana haverá reunião entre Frigovale e Coopal para definir a situação do abate na capital.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com