segunda-feira, 22 de julho de 2019

Notícias

In:

Protagonismo feminino: mulheres ocupam cargos na SMTT

Por Assessoria

Com o passar dos anos, as mulheres estão conquistando cada vez mais espaço no âmbito corporativo e se destacando na luta pelos seus direitos trabalhistas. Apesar das diferenças, muitos cargos de liderança da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) são ocupados por mulheres. Todas possuem uma trajetória exemplar dentro do órgão, onde ao longo dos anos conseguiram derrubar as barreiras do preconceito e mostraram o seu empenho e a capacidade de liderança.

Vanessa Sampaio é assessora técnica de Regulares da SMTT. Foto: Ascom SMTT

Quando chegou à SMTT em 2013, a atual assessora técnica de Regulares, Vanessa Sampaio, encontrou alguns obstáculos no início da sua carreira. À época, com apenas 19 anos, ela ocupou o cargo de coordenadora de Fiscalização de Transportes Especiais, onde tinha que liderar uma equipe composta apenas por homens. Apesar de ainda ser jovem, o pulso firme nas decisões fez toda a diferença para que ela se destacasse no ambiente de trabalho.

“No começo foi um pouco difícil, pois os rapazes eram relutantes em receber a ordem ou uma opinião feminina, principalmente quem trabalhava na área há anos. Por ser uma profissão do estereótipo masculino, o maior desafio foi conseguir quebrar esse muro criado entre homens que não aceitavam receber ordem das mulheres. Aos poucos, consegui mostrar como sou uma boa profissional e que vim para somar, cumprindo metas, fiscalizando e liderando o time de fiscalização de transportes regulares. Como mulher, me sinto muito respeitada e valorizada dentro da SMTT”,

Paula Beatriz é a atual Chefe de Gabinete da SMTT. Foto: Ascom SMTTA colaboradora Paula Beatriz também conseguiu construir uma carreira dentro da SMTT. Atualmente é a chefe de Gabinete da Superintendência e se destaca pela versatilidade e o espírito de liderança.

“Quando vim para a SMTT, fui designada para um cargo alto com apenas dois anos trabalhando no órgão. Normalmente, para assumir a Chefia de Gabinete, as pessoas são mais velhas e mais experientes, e acabam julgando que uma mulher mais nova não seja competente para assumir tal responsabilidade. Apesar do desafio diário, tenho um excelente relacionamento com todos e me sinto extremamente respeitada, valorizada e acolhida por todos os colaboradores do órgão”, afirma.

Daniela Loureiro é a diretora do setor de Obras Viárias da SMTT. Foto: Ascom SMTT

Outra colaboradora da Superintendência é Daniela Loureiro. Ela faz parte do quadro da SMTT desde quando ainda era estudante de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal de Alagoas (Ufal). De 2012 a 2014, foi estagiária na área de Obras Viárias e, após concluir sua graduação em 2015, retornou ao órgão e assumiu o setor de Obras e Terminais Rodoviários Urbanos da pasta. Atualmente, ela é Diretora de Obras Viárias, onde gerencia uma equipe composta por arquitetos e engenheiros, bem como estagiários.

“Ser chefe de um setor tão grande e importante como este é bem desafiador. Pra mim, o maior desafio é realmente ser uma líder. Gerir, impor respeito, ensinar, delegar funções e supervisionar, são tarefas que requer muita atenção e paciência. Além disso, eu procuro inspirar, motivar e incentivar a minha equipe para dar o seu melhor, fazendo com que eles sejam comprometidos e engajados”, pontua.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com