quarta-feira, 24 de Abril de 2019

Notícias

In:

Covas muda lei e permite a secretários acumular salários e jetons

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), sancionou em fevereiro uma lei que permite a secretários acumularem salários com remuneração extra, quando ocuparem cargos em conselhos de empresas públicas municipais. A lei derrubou regras aprovadas em 2011, durante a gestão Gilberto Kassab, para coibir excessos nos jetons pagos a secretários.

Com a mudança, secretários que recebem salários brutos de R$ 19 mil, em média, terão acréscimo de cerca de R$ 6 mil quando tiverem cargos em conselhos fiscais e de administração das estatais paulistanas. As alterações foram incluídas em uma lei que tratava da composição do Conselho Municipal de Habitação e das atribuições de secretarias municipais.

No site da Prefeitura, a revogação das regras foi incluída na seção “notas complementares”. Como a lei tratava de outros assuntos, a alteração não foi discutida pelos vereadores na Câmara Municipal.

Na última sexta-feira, o Diário Oficial do município publicou a nomeação dos secretários Mauro Ricaro (Secretaria de Governo), Orlando de Faria (Turismo) e Fernando Chucre (Urbanismo)para o conselho de administração da estatal SP Urbanismo. As nomeações foram publicadas pelo jornal Folha de S.Paulo e confirmadas pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Questionada, a Prefeitura disse que as alterações são legais e baseadas em decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A gestão Covas também informou que os conselho se reúnem “ao menos uma vez por mês ou sempre que necessário”, e que cargos equivalentes existem nos governos estaduais e federal.

“Os pagamentos a todos os conselheiros são legais, baseados no STF e no STJ, que decidiram que o teto remuneratório deve ser aplicado de forma isolada para cada cargo público acumulado”, disse a Prefeitura, em nota. “A remuneração é definida por cada empresa e visa servir de contrapartida ao trabalho e à responsabilidade de cada conselheiro.”

Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com