quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Notícias

In:

Venezuela/Maduro: ajuda humanitária é brincadeira de enganar bobos

O presidente da Venezuela Nicolás Maduro disse neste sábado sobre a operação liderada pela oposição de ajuda humanitária com assistência estrangeira, que “a ajuda humanitária é brincadeira de enganar bobos”. Em um longo discurso em Caracas, Maduro chamou o presidente autodeclarado da Venezuela, Juan Guaidó, diversas vezes de marionete do império americano. “Eles tentam tapar o rosto e a cara da ameaça de intervenção militar dos Estados Unidos.”

O líder citou que os conspiradores foram muito baixo. “Eles não têm pensamento próprio. O que seria do legado bolivariano se eles chegassem ao poder. Vocês se perguntaram o que fariam se um dia Maduro fosse sequestrado? Isso não vai acontecer.”

E então declarou: “Nunca me dobrarei, nunca me renderei, defenderei a pátria com minha vida se necessário for”. Maduro conclamou os militantes a não se dobrarem. “A ordem que dou às forças armadas bolivarianas é que se um dia fizerem algo contra (o regime), saiam às ruas.”

Segundo Maduro, o círculo militar tem planos para todos os cenários, mas ele tem certeza de que a paz vai triunfar. “Vamos consolidar uma grande vitória este ano.” A vitória seria sobre o ódio que foi despertado. “O ódio de Donald Trump é enorme contra a Venezuela.” E em outro momento, disse que “O que ele (Trump) quer é a imensa riqueza da Venezuela”.

Em um determinado momento, Maduro interrompeu o discurso e pediu para o público fazer exercícios e uma “ola” pelo bolivarianismo.(Luana Pavani – Luana.pavani@Estadao.com)

Autor: AE
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com