sábado, 23 de Março de 2019

Notícias

In:

Saga de um magistrado

Por Laurentino Veiga

A Associação Alagoana de Imprensa (AAI), fundada em 13.6.1931, reúne no seu quadro social advogados, procuradores de Estado, escritores, médicos, acadêmicos, juristas, jornalistas profissionais, homens de comunicação, professores universitários,  juiz federal Rosmar Antonni Rodrigues Cavalcanti de Alencar, subsecretário de governo estadual, bem como o presidente do Conselho Regional de Economia (CORECON/AL), Marcos Antônio Moreira Calheiros.

Nesse sentido, trago à tona a saga do magistrado Oduvaldo Persiano que abrilhanta a Terra do Menestrel das Alagoas. Consolidou-se como escritor  quando lançou seu majestoso livro Caminhos de um magistrado. Editado pela Gráfica e Editora POLIGRAF. Duzentas e sessenta e duas páginas recheadas de Temas Evidenciais, Vivência Jurídica, Defesas Penais na Imprensa, Crônicas e Artigos, Reflexões de vida, Escaneando o Baú, Documentos, linha do Tempo, Fotos, Desopilando o Fígado.

A obra, por sua vez, fora apresentado na noite de autógrafos pelo insigne causídico Areias Bulhões, ex-presidente da OAB/AL, irmão sanguineo do renomado advogado Nabor Bulhões, que, por sinal, extrapolou fronteiras nacionais advogando na Italia, França e noutros países europeus.

Segundo o conterrâneo, “Sou testemunha ocular e presencial de parte de sua história, desde os bancos da Faculdade de Direito, até hoje. Acompanhei a sua atuação profissional como advogado criminalista vitorioso, participando como os melhores criminalistas da época, entre os quais destacamos Nabor Bulhões, Fernando Tourinho, Antônio Aleixo, José Costa e José Moura, e memoráveis júris, vindo depois a exercer  a magistratura, dignificando o Poder Judiciário de Alagoas”.

Em outras  palavras, conheço-o há décadas. Sempre solícito, como  então juiz de direito no exercício da nobre missão nunca claudicou. Prolatou sentenças justas e, ao mesmo tempo, à luz de jurisprudência firmada nos anais do tempo. Casado com a dedicada esposa Sônia Wanderley natural do bucólico município de Major Isidoro.Dessa perfeita união nasceu seu estimado filho -Sérgio Persiano- juiz de direito  que abrilhanta o Egrégio Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas.

Agora, teço comentários sobre o livro em epígrafe.Inseriu nas belas páginas de seu livro, coisas memoráveis a saber: Oração do Advogado, fotos de seus pais e, por  amor d’ alma, registrou os noventa e cinco anos de sua saudosa genitora Lucila Persiano. Literatura de Cordel de sua lavra, Hora da Saudade, Eutanásia: direito de matar?, Conceituação Jurídica, Legítima Defesa e Estado de Necessidade, Acórdãos Nº 3.202/96, 3.46/97, Apelação Crime nº 95.032243-0, Processos n° 138/95/ 016759-9/97/009767-4/98/ 5083, Sobre Pena de Morte, Exame da Ordem, recortes de artigos de sua autoria, Homenagem Póstuma, Mensagem de Natal, Minha Mãe, Lembre-se de 64, O País sem Chuteiras, Apagão Democrático, Deus e a Pedagogia, País dos Contrates, Maioridade Penal, Escassês de Mão-de-Obra, Atenas do Sertão, Criação de Estados, Greves e Intolerância, Menestrel, Princesa das Matas, A Casa do Francisco, Amenidades, Família, Contemplação do Progresso, Cortesia com chapéu alheio, Agradecimentos, Dia da mulher e outros…, Notícias atuais do Brasil e Comentários, Notícias, A Romaria dos Prefeitos, Bolsa Estupro, Instituto Lula, Humor Presidencial, Desprezo ao Nordestino. Enfim, um livro escrito em português coloquial que agrada a gregos/troianos. Dir-se-ia que Dr. Oduvaldo Persiano perenizou seus caminhos na estrada da magistratura. Felicito-o pela grandeza da alma e, acima de tudo, pelo convite que me fez para comparecer à solenidade de lançamento de sua memorável obra.Espero em breve brotar de sua excelsa inteligência outros trabalhos de sua lavra.Organização: Francis Lawrence.     

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com