quinta-feira, 27 de junho de 2019

Notícias

In:

Detran alerta: volta às aulas exige maior atenção no trânsito

Por Assessoria

As férias escolares já chegaram ao fim para muitos estudantes alagoanos. Nesse período, a rotina de estudos volta ao normal e o trânsito no entorno das instituições de ensino é afetado pela grande circulação de veículos e pessoas. Diante disso, o Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) chama atenção para alguns cuidados que devem ser adotados nessas regiões a fim de evitar acidentes.

 De acordo com o subchefe de Educação para o Trânsito do Detran/AL, Ricardo Couto, o comportamento tanto dos pais ou responsáveis quanto dos alunos interfere na segurança de trânsito. “Os pais têm que dar o exemplo, manter as atitudes certas para proteger o seu filho e também ensiná-lo. Já os estudantes, muitas vezes por falta de orientação, cometem ações que são muito perigosas”, afirma.

Distração

O subchefe também aponta o uso de aparelhos eletrônicos, principalmente de smartphones, como um dos maiores causadores de acidentes não só para quem utiliza o equipamento ao volante.

 “As crianças e adolescentes usam muito o fone de ouvido ou digitam mensagens enquanto caminham e atravessam a rua. Isso impede que elas percebam a movimentação ao redor e a distração aumenta”, explica.

Para Ricardo, é imprescindível que os estudantes recebem orientações sobre como se portar nas áreas com alto tráfego de veículos, visto que os principais acidentes com crianças e adolescentes são causados no trânsito – nas proximidades da escola ou da residência.

Equipamentos de segurança

Couto ainda destaca a necessidade do uso dos equipamentos de segurança para as crianças de até 7 anos, como o bebê-conforto, a “cadeirinha” e os assentos de elevação infantil. No ano passado, a resolução 277/2008, conhecida como a Lei da Cadeirinha, completou dez anos. A implantação dos equipamentos nos automóveis tem o objetivo de oferecer segurança aos pequenos.

Conscientização

A professora Ana Camboim é uma das centenas de mães alagoanas que acompanham diariamente a rotina escolar dos filhos. Ela conta que, quando vai levar ou buscar a filha de 11 anos no colégio, acaba notando diversas atitudes inadequadas nos arredores da escola, cometidas por diversos condutores.

 “Vejo muitos carros que param no meio da rua para a criança descer, não respeitam a faixa de pedestre ou param do outro lado, longe da calçada”, salienta a professora.

Ana instrui a filha sobre os cuidados no trânsito e acredita que a conscientização deve partir do pai ou responsável, e será efetiva no momento em que esse condutor cumprir as normas da legislação de trânsito vigente. “As crianças devem descer pelo lado da calçada e os pais devem deixar a faixa de pedestre livre para elas transitarem. Eles precisam orientar os filhos sobre isso”, finaliza.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com