quinta-feira, 18 de julho de 2019

Notícias

In:

Após ataque, presidente do parlamento do Irã acusa Paquistão

O presidente do parlamento iraniano, Ali Larijani, acusou o Paquistão de planejar e realizar um ataque que matou 27 membros da Guarda Revolucionária do Irã na última quarta-feira e pediu uma resposta à altura, informou a agência de notícias estatal do Irã (IRNA).

O Paquistão condenou o ataque, mas não respondeu as acusações de Larijani. O grupo paramilitar sunita Jaish al-Adl reivindicou a autoria do ataque e especulações dão conta de que está operando no Paquistão.

O líder da Guarda Revolucionária do Irã, general Mohammad Ali Jafari, acusou forças paquistanesas de segurança de oferecer suporte ao grupo sunita e que o Irã pretende “puni” o grupo.

Enquanto isso, o presidente do Irã, Hassan Rouhani, prometeu “vingança pelo sangue destes mártires”, em declarações na TV estatal neste domingo. Fonte: Associated Press.

Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com