quinta-feira, 25 de Abril de 2019

Notícias

In:

Aprovada em 1º lugar geral no Exame de Seleção do Ifal, Amanda Gabrielly será aluna do campus Palmeira

Por Assessoria

Entre os mais de 13 mil inscritos no Exame de Seleção 2019 do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) uma aprovada em particular vem chamando atenção. O nome dela é Amanda Gabrielly de Amorim Lopes. Com apenas 14 anos, a menina, que passou para o curso de Edificações do campus Palmeira, atingiu o primeiro lugar geral de todo o Ifal, disputando com campi concorridos como o de Maceió e Arapiraca.

Das 40 questões da prova, que envolvia as disciplinas de Português, Matemática e Atualidades, Amanda obteve 37 pontos. Tímida e bastante determinada, ela conta que o segredo de seu mérito não está relacionado à quantidade de horas de estudo, mas sim à qualidade.

Quando 2018 começou, eu saberia que ao final do ano haveria o teste seletivo do Ifal e eu teria que me preparar. Além de estudar para as provas do colégio, eu sabia que teria que me empenhar mais e focar em assuntos também do 6º e do 7º anos. Além das revisões, assisti a videoaulas e participei de ‘aulões’ da Prefeitura. Sempre foquei em entender o assunto, independente da quantidade de horas”, diz Amanda.

Filha de uma professora de Português, a aprovada mora na cidade de Quebrangulo, mas estudava em uma escola particular de Palmeira dos Índios, por isso o trajeto de ida e volta já é bastante familiar para ela. Sobre a escolha do curso, Amanda garante que é uma área com a qual se identifica desde pequena. “Gosto de obras e sempre admirei o trabalho de um pedreiro, sendo este meu sonho naquele momento. Descobri que o Ifal tinha o curso de Edificações e sabia que esse era o que tinha mais a ver comigo”, justifica a aluna, que no futuro pretende seguir a carreira de engenheira civil.

Mas a vitória da garota não é isolada e envolve todo o seu núcleo familiar (pai, mãe e irmão), em especial, segundo ela, sua mãe: “Ela sempre me apoiou e me deu força. Como ela é professora, sempre falou da importância de aprender e se eu exagerasse muito nos estudos, ela pedia para eu parar um pouco”, ri a menina.

O 1º lugar geral foi uma surpresa para ela, mesmo com toda sua confiança e preparação. Dedicada, a adolescente também investe em horas de lazer com a prática esportiva. “Adoro praticar esportes, inclusive participava de um projeto social da minha cidade: o Vôlei Futuro”, conta. Sobre sua entrada para o Ifal, Amanda se diz ansiosa: “Sei que o mais difícil já passou, agora é questão de adaptação”.

Filha de peixe…

O ditado popular: “Quem herda, não furta”, poderia ser muito bem utilizado por mãe e filha. Fonte de inspiração e de incentivo para Amanda, a professora de Língua Portuguesa, Joelma Alves de Amorim, foi e é uma das suas principais motivadoras.

O sucesso dos filhos é o nosso! Sinto-me vitoriosa, pois sempre procurei orientar meus filhos para um caminho correto, sempre procurei instruí-los a estudar, não por conta de nota, já que esta é uma consequência. Minha filha é focada e eu sempre disse a ela que chegaria lá. Nunca precisei pagar reforço e sempre ressaltei a importância de eles aproveitaram o máximo do professor em sala de aula”, ressalta a mãe orgulhosa.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com