sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Ivan Barros escreve: O prefeito pão e circo

Por Ivan Barros

Tenho recebido em minha biblioteca, nos últimos dias, estudantes e professores, da UNEAL e Cesmac, que me procuram para entrevista sobre  a história da cidade, teatro, cultura, antropologia, e com imenso prazer eu os atendo.

No entanto, chega-me aos ouvidos, e não sei por que, não tenho cargos em funções eletivas, queixas, delações, críticas acerca do que está ocorrendo no Município, na atual gestão administrativa do senhor Julio Cezar.

Um grupo de artistas de teatro que se sentiu menosprezado e mal atendido, estudantes que procuram o museu Graciliano Ramos, fechado desde outubro do ano passado em reformas que nunca terminam, o museu,  Xucurus que parece um armazém com peças encalhadas, amontoada, empoeirada, onde o visitante mal pode andar no seu interior, numa igreja histórica, centenária, construída por escravos no século 19, praças abandonadas (a exemplo da antiga praça das Cassuarinas).

Obras de reformas que dizem superfaturadas,  desperdício de dinheiro público em shows com artistas caríssimos, a chamada “capital da cultura“  sem o calendário turístico de suas festas tradicionais (festival da pinha, festival do caju, amendoim, vaquejadas, festa da padroeira), enfim, a atual administração do senhor Julio Cezar vem afundando num mar de erros que podem lhe custar caro, e em seu barco em naufrágio, alguns assessores mais diretos como cúmplices, alguns inocentes.

Diante de tudo isso, não posso, como cidadão, ser leniente e omisso e com isso, estou redigindo um dossiê, para enviar às autoridades competentes para tomar as medidas cabíveis e até para o juiz Sergio Moro, futuro Ministro da Justiça que irá dar continuidade ao combate a corrupção, esse câncer que afeta o organismo social da nação Brasileira. A operação Lava Jato precisa atuar em todo o Brasil, de Curitiba a Palmeira de Fora, é um Brasil só.

O povo Palmeirense não tem sorte com seus governantes. E este “imperador” Julio Cezar sabe apenas oferecer ao sofrido e desalentado povo Palmeirense pão e circo. Chega.

Vamos cair na real.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com