domingo, 16 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Estado ultrapassa a marca de 410 mil beneficiários no Programa Bolsa Família

O Programa Bolsa Família superou a marca dos 410 mil beneficiários em Alagoas no mês de setembro. De acordo com os dados do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o Estado tinha 407.327  famílias atendidas no mês de outubro e chegou a 413.981 famílias beneficiadas no mês de novembro. O pagamento começa nesta segunda-feira (19) e segue até o dia 30.

Na avaliação da coordenadora estadual do programa Bolsa Família, o aumento no número de famílias que irão receber o benefício, é reflexo dos processos de revisão e averiguação cadastral, realizado pelo governo federal, nos últimos meses.

“Registamos um aumento de 6.654 concessões em Alagoas. Isso acontece porque  aquelas famílias que deixaram o programa, deram lugar a outras. Algumas não cumpriram os pré requisitos necessários, outras não atualizaram os dados cadastrais. Também é importante lembrar que a habilitação, seleção das famílias e concessão de benefícios do Bolsa Família são realizadas de modo automatizado e impessoal, por meio do Sistema de Benefícios ao Cidadão”, afirmou.

A atualização cadastral envolve a Averiguação Cadastral e a Revisão Cadastral.A Averiguação Cadastral verifica os dados registrados no Cadastro Único por meio da comparação entre a base nacional e informações contidas em outros registros administrativos, a fim de identificar possíveis inconsistências. Já a Revisão Cadastral é o procedimento que tem como objetivo garantir a atualização do que foi declarado ao Cadastro Único pelas famílias que ficaram mais de dois anos sem renovar suas informações.

Como em todos os meses, o repasse é realizado de acordo com o Número de Inscrição Social (NIS) impresso no cartão. Aqueles que terminam com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses.

O programa

 

O Bolsa Família é voltado para as famílias inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e que têm renda mensal por pessoa de até R$ 89, além daquelas com renda familiar mensal de até R$ 178 por pessoa e que tenham integrantes gestantes, crianças ou adolescentes. A quantia que cada beneficiário recebe varia conforme o número de pessoas na família, a idade de cada um e a renda declarada.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com