quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Notícias

In:

Pátria do Evangelho

Por Laurentino Veiga

“Este surpreendente livro vem esclarecer as origens remotas da formação da Pátria do Evangelho, como afirma o Espírito Emmanuel no Prefácio. Ditado em 1938 a Francisco Cândido Xavier, analisa fatos da História do Brasil, objetivando demonstrar a missão evangelizadora da nação e o acompanhamento feito por Jesus do seu processo evolutivo. A partir de impressionantes dados colhidos no plano espiritual, tece comentários sobre a escravidão, os movimentos nativistas, a Independência, a Guerra do Paraguai, o Espiritismo e o Movimento Espírita no Brasil. Explica a missão da pátria brasileira como coração espiritual da Terra, evidenciada pela espontânea e enorme acolhida que a Doutrina Espírita, codificada por Allan Kardec, teve em nosso país, concitado o povo à prática do Evangelho de Jesus, a fim de irradiar à humanidade a paz e a fraternidade”.

Pois bem, chega-me às minhas mãos o maravilhoso livro Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho através de minha esposa advogada Aurilene Morais da Veiga que, por sinal, advém de sua biblioteca espírita. E, portanto, merecedor de comentários a respeito da obra como um todo.

No Prefácio, vê-se as temáticas seguintes: o coração do mundo, a pátria do Evangelho, Os degredados, Os missionários, Os escravos, A civilização brasileira, Os negros do Brasil, a Invasão Holandesa, A restauração de Portugal, As Bandeiras, Os movimentos nativistas, No tempo dos vice-reis, Pombal e os jesuítas,A Inconfidência mineira, A Revolução Francesa ( 1789), D. Pedro II, Fim do Primeiro reinado, Bezerra de Menezes,

A obra de Ismael, A Regência e o Segundo Reinado, A Guerra de Paraguai, O movimento abolicionista, A República, A Federação Espírita Brasileira, Pátria do Evangelho.

Duzentas e seis páginas bem escritas e, principalmente, obedecendo a novel nomenclatura usual nos compêndios históricos, E, por isso, merecem atenção especial aos fatos históricos comparados com a missão de Jesus no Planeta Terra. Diga-se, de passagem, registrei o que aconteceu na descoberta do Brasil, Primeiro e Segundo Império.

A bem da verdade, trata-se, de uma obra que narra os principais acontecimentos históricos nacionais/internacionais que servem para dirimir dúvidas e, ao mesmo tempo, condensar os conhecimentos adquiridos no Fundamental, no Ensino Médio e no Superior.

Por exemplo, Dom Frei Henrique Soares de Coimbra ( 1465-1532), frade e bispo português; no Brasil, é conhecido por ter celebrado a primeira missa na terra recém-descoberta, em 26 de Abril de 1500. Santa Inquisição. Tribunal eclesiástico instituiído pela Igreja Católica no começo do século XIII, com o objetivo de investigar e julgar sumariamente pretensos hereges /feiticeiros, acusados de crime contra a fé cristã. João Paulo II, então papa, pediu desculpas à Humanidade pelo erro cometido pela Santa Igreja Católica Apostólica Romana.

Por outro lado, vê-se Jean Jacques Le Balleur foi um missionário calvinista, estrangulado no Rio de Janeiro, em 20 de janeiro de 1567, pelo padre José Anchieta. Francisco de Sandoval y Rojas Lerma ( 1553-1625), político espanhol.Durante o período que a Colônia foi dirigida pela Espanha ( 1580-1640).As Bandeiras, Expedições armadas ao interior do Brasil ( séculos XVI-XVIII). Iniciativas particulares visando a obtenção de lucro próprio. Fatos que foram ignorados pelos livros antigos. E, sendo assim, recomendo a leitura por católicos, evangélicos, universitários desse livro que veio à tona a fim de dirimir dúvidas armazenadas ao longo da História do Brasil.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com