sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Notícias

In:

Tite revela dor por queda na Copa e indica que fará testes no 2º amistoso

O técnico Tite concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira, véspera do amistoso da seleção brasileira contra os Estados Unidos, o primeiro do ciclo para a Copa do Mundo do Catar, mas admitiu ainda ter a eliminação na Rússia para a Bélgica, nas quartas de final, em sua mente.

Após definir Neymar como capitão da seleção e confirmar o fim do rodízio da braçadeira, o técnico chegou a fazer mea culpa do que chamou de “um dos erros” que cometeu durante a Copa. Por isso, justificou sua opção por usar Firmino, reserva de Gabriel Jesus no torneio na Rússia, no amistoso com a seleção norte-americana.

“O sentimento é que chegue logo a hora de entrar em campo porque ainda está uma dor muito grande do término do jogo contra a Bélgica. Esse é o sentimento geral, ele é meu e é de todos os atletas”, disse o técnico. Segundo ele, o meio campo do Brasil teve “momentos de ajuste e momentos de desajuste” durante a Copa da Rússia.

Com relação às novidades que convocou para os dois amistosos nos Estados Unidos, Tite indicou que no segundo jogo, contra a seleção de El Salvador, há uma possibilidade maior de testar os novatos na seleção.

“A gente quer jogar para caramba no jogo de amanhã e nisso uma oportunidade pode surgir. Se ela é com Andreas ou Richarlison não sei, mas todos taticamente vão estar preparados”, disse. “Hoje o Neymar sabe que o Firmino vai vir como pivô, saindo um pouquinho mais e não vai afundar tanto a jogada, vai jogar mais no pé e ser um jogador de composição.”

Durante a entrevista, Tite respondeu a uma pergunta sobre um possível constrangimento em jogar contra a seleção dos Estados Unidos, país que pediu a extradição, prendeu e condenou a quatro anos de prisão o ex-presidente da CBF José Maria Marin.

“A seleção é um departamento em relação a CBF no seu contexto e no seu conjunto. O que eu posso dizer é que eu tenho muito orgulho da minha carreira e das minhas tomadas de decisões e da minha função”, afirmou.

A partida desta sexta-feira contra os Estados Unidos é a primeira de uma série de amistosos que a seleção disputará neste ano. Quatro dias após o jogo, o Brasil enfrentará a seleção de El Salvador, em Washington.

Em outubro, a seleção brasileira fará amistosos contra a Arábia Saudita (dia 12) e em seguida contra a Argentina (dia 16). Em nota, a CBF disse que o técnico Tite não convocará jogadores dos times classificados para a final da Copa do Brasil. Os convocados para os amistosos de outubro serão anunciados em 21 de setembro, às 11 horas, na sede da CBF, no Rio.

Autor: Thiago Mattos
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com