domingo, 21 de outubro de 2018

Notícias

In:

Prefeito sanciona lei que liquida dívidas dos agricultores e autoriza abertura de novo crédito

Por Redação com Prefeitura de Arapiraca

Fotos: Genival Silva

O prefeito Rogério Teófilo sancionou, nesta segunda-feira (24) durante reunião no Clube dos Fumicultores, a lei que autoriza o município a liquidar as dívidas dos mais de mil micro e pequenos agricultores rurais de Arapiraca, junto ao Banco do Nordeste, e autoriza a abertura de crédito especial para novos empréstimos.

“As dívidas serão liquidadas até o final do mês de outubro, data que coincide com a emancipação política de Arapiraca. É a independência da Capital do Agreste e a independência desse micro e pequeno agricultor junto ao Banco”, disse o prefeito. “A partir daí eles vão captar novos recursos, fortalecendo o comércio de Arapiraca, todo mundo sai ganhando”, afirmou.

Há muitos anos, agricultores do Brasil todo tiveram acesso à linha de crédito através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Na época, Manoel Francisco da Silva, 50 anos, morador do Sítio Jurema, na zona rural de Arapiraca, contraiu um empréstimo de R$ 1 mil. Isso foi há 10 anos, de acordo com o agricultor. Desde então, ele está inadimplente. Ou melhor, estava até o dia de hoje.

“Fui prejudicado durante esses anos porquê tenho trabalhado com meu próprio esforço, sem renovar minha moradia, sem melhorar minhas ferramentas de trabalho, enfim, sem nenhum benefício”, contou ele. O agricultor, que trabalha com horta, está animado. “Com minha dívida liquidada vou ter acesso a novos recursos, o que vai me ajudar a trabalhar”, comemorou.

Foto: Genival Silva

De acordo com o superintendente estadual do Banco do Nordeste, Pedro Hermínio, Arapiraca está dando um exemplo ao Estado de Alagoas. “Pelo potencial do município, a gente está levando esse recado aos prefeitos, que eles sigam o que foi feito aqui”, afirmou. O superintendente ainda disse que se metade dos agricultores que serão beneficiados com a lei ainda estiverem no campo, serão R$ 2,5 milhões que serão gastos no comércio da cidade.

Esse valor mencionado pelo superintendente compreende 671 famílias que contrataram o financiamento e vão liquidar suas dívidas com 95% de desconto e outras 414 famílias que contrataram financiamento entre janeiro de 2007 e dezembro de 2011 e vão renegociar suas dívidas com 50% de desconto.

“O banco já garantiu ao prefeito agilidade na liquidação e na concessão de novos créditos para os agricultores continuarem produzindo”, completou Pedro.

Foto: Genival Silva

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com