quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Notícias

In:

Mostra que celebra os 70 anos do MAM é uma das inaugurações da semana

Com criações de nomes como Joan Miró, Fernand Léger e Alfredo Volpi, o Museu de Arte Moderna de São Paulo exibe 103 obras em MAM 70: MAM e MAC USP, mostra que celebra suas sete décadas. Como, em 1963, seu acervo foi doado à USP – o que marcou a criação do Museu de Arte Contemporânea -, a exposição traz dois núcleos. Sob curadoria de Felipe Chaimovich, Ana Magalhães e Helouise Costa, um deles exibe obras do período inicial do MAM, e o outro, coleções de ambas as instituições adquiridas após 1963.

Além de aspectos como o legado educativo, as seções destacam obras adquiridas em eventos como a Bienal de São Paulo e programas como o Jovem Gravura Nacional. Salientam, ainda, fases como a da expansão da fotografia como arte, com registros, por exemplo, de uma mostra de Thomaz Farkas de 1949 – a primeira no Brasil dedicada à expressão moderna de tal linguagem.

ONDE: MAM. Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3, 5085-1300. QUANDO: Inauguração: 3ª (4). 10h/18h (fecha 2ª). Até 16/12. QUANTO: R$ 7 (sáb., grátis).

AGENDA CHEIA

A Semana de Arte ocupa, em sua 2ª edição, o Pavilhão das Culturas Brasileiras. Organizado, entre outros, pelos galeristas Luisa Strina e Thiago Gomide, o evento – que gira em torno de uma feira com 43 galerias – traz como curador o mexicano Pablo León de la Barra. Ele definiu, como tema central, a herança modernista da arte nacional e estrangeira, destacando produções femininas e afrodescendentes. Entre as galerias, a Paulo Kuczynski exibirá obras de nomes como Tarsila do Amaral; a Almeida e Dale, de Lygia Pape; e a Sé Galeria, de Dalton Paula.

O evento também traz exibição de documentários e palestras. No sábado (1º), às 15h, o filme ‘Assim É, Se Lhe Parece’ destaca Nelson Leirner, e, às 18h, o curador do evento conversa com o artista colombiano Antonio Caro. Paralelamente, haverá passeios arquitetônicos gratuitos – no sábado (1º), às 11h, um deles percorre Higienópolis, partindo da Praça Vilaboim (inscrições pelo e-mail educativo@semana.art). Pq. Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 10. Sáb. (1º), dom. (2) e 2ª (3), 12h/20h. R$ 60. Inf.: www.semana.art

CONFIRA OUTRAS INAUGURAÇÕES

Antonio Dias
Morto no início de agosto, o artista é homenageado na mostra ‘Tazibao e Outras Obras’, que faz uma síntese de sua produção desde os anos 1960 até 2013. Com curadoria de Paulo Sergio Duarte, a mostra gira em torno da instalação ‘Ta Tze Bao’ – inédita no Brasil – e traz ainda pinturas e até filmes em Super 8 produzidos nos anos 1970. Galeria Nara Roesler. Av. Europa, 655, Jd. Europa, 2039-5454. Inauguração: sáb. (1º). 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Até 3/11.

José Damasceno
Primeira exposição individual do artista na Galeria Millan, ‘Escadabstrata’ reúne 11 trabalhos inéditos – entre instalação, escultura, gravura, pintura e fotografia. Um dos destaques, a obra que dá título à mostra é uma escada helicoidal que remete às ideias de desdobramento e de transformação. Galeria e Anexo Millan. R. Fradique Coutinho, 1.360 e 1.416, V. Madalena, 3031-6007. Inauguração: 3ª (4). 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom. e 2ª). Grátis. Até 29/9.

AI-5 50 Anos – Ainda Não Terminou de Acabar
Com curadoria de Paulo Miyada, a mostra busca discutir o impacto, no imaginário cultural do País, da retirada de direitos democráticos promovida pelo AI-5. Além de obras em suportes variados, há textos e depoimentos de nomes como Hélio Oiticica, Claudio Tozzi e Antonio Dias. Instituto Tomie Ohtake. R. Coropés, 88, Pinheiros, 2245-1900. Inauguração: 4ª (5). 11h/20h (fecha 2ª). Grátis. Até 4/11.

Cildo Meireles
Cinco obras icônicas feitas pelo artista nos anos 1970 e 1980, pertencentes a acervos particulares, são exibidas em ‘Enigmas Instantâneos’. Paulo Kuczynski Escritório de Arte. Al. Lorena, 1.661, Jd. Paulista, 3064-5355. Inauguração: 4ª (5). 9h30/18h30 (fecha sáb. e dom.). Grátis. Até 12/10.

Denise Milan
Entre esculturas, objetos, instalações e desenhos, a artista apresenta 19 obras ligadas a seus estudos dos processos geológicos. A curadoria é de Marcello Dantas. Galeria Lume. R. Gumercindo Saraiva, 54, Jd. Europa, 4883-0351. Inauguração: 4ª (5). 10h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Até 10/11.

Isabelle Borges
Em ‘Campos Sintéticos’, a artista exibe obras bidimensionais, cujos planos, linhas e cores – que formam uma geometria caótica – ‘extrapolam’ as telas. Emmathomas Galeria. Al. Franca, 1.054, Jd. Paulista, 3045-0755. Inauguração: 4ª (5). 11h/19h (sáb., 11h/15h; fecha dom.). Grátis. Até 27/10.

José Rufino
‘Limbo’ reúne obras do artista que nunca foram expostas, como maquetes, desenhos da juventude e resquícios de poemas concretos e visuais. Biblioteca Mário de Andrade. R. da Consolação, 94, República, 3775-0002. Inauguração: sáb. (1º), 11h. 8h/19h. Grátis. Até 18/11.

José Spaniol
As sonoridades do mar inspiram ‘Tiummmmtichamm’, mostra que reúne 26 pinturas escultóricas em acrílico, além de uma instalação em granito negro e mármore alvo. Dan Galeria. R. Estados Unidos, 1.638, Jd. América, 3083-4600. Inauguração: 5ª (6). 10h/19h (sáb., 10h/ 13h; fecha dom.). Grátis. Até 6/10.

Morumbi, Caxingui, Butantã
Com curadoria de Douglas de Freitas, o Museu da Cidade inaugura, no sábado (1º), instalações exibidas em três sítios de seu conjunto histórico. A partir das 11h, a Capela do Morumbi (Av. Morumbi, 5.387, Morumbi, 3772-4301) recebe a obra ‘Mará-Obi’, de Marcius Galan. A partir das 14h, Matheus Rocha Pitta apresenta, na Casa do Sertanista (Pça. Ênio Barbato, s/nº, Caxingui, 3726-6348), ‘Reintegração de Posse’. E, a partir das 16h, Cinthia Marcelle expõe ‘A Família em Desordem’ na Casa do Bandeirante (Pça. Monteiro Lobato, s/nº, Butantã, 3031-0920). 9h/17h (fecha 2ª). Grátis. Até 17/2/2019.

Porcelana Europeia da Coleção Ema Klabin
Com curadoria de Paulo de Freitas Costa, a mostra procura traçar a história da porcelana europeia a partir de cerca de 40 peças de diversos países. Fundação Ema Klabin. R. Portugal, 43, Jd. Europa, 3897-3232. Inauguração: sáb. (1º), 14h. 14h/18h (fecha 2ª e 3ª). R$ 10 (sáb., dom. e fer., grátis). Até 16/12.

Rochelle Costi e Héctor Zamora
Em ‘Reforma’, Rochelle Costi apresenta impressões em tecido e papel que contrapõem a arquitetura de espaços improvisados com o racionalismo do processo moderno. Já o mexicano Héctor Zamora apresenta uma videoinstalação resultante de sua performance ‘Capa-canal’, exibida na 11ª Bienal do Mercosul. Luciana Brito Galeria. Av. 9 de Julho, 5.162, Bela Vista, 97357-6363. Inauguração: 3ª (4). 10h/19h (sáb., 11h/18h; fecha dom.). Grátis. Até 6/10.

Siron Franco
A mostra ‘Em Nome de Deus’ reúne pinturas e objetos em que o artista aborda disputas religiosas e as simbologias nelas originadas. Galeria Marcelo Guarnieri. Al. Lorena, 1.835, Jd. Paulista. Inauguração: 4ª (5). 10h/19h (sáb., 10h/17h; fecha dom.). Grátis. Até 20/10.

Via Aérea
Com curadoria de Marcio Harum, a exposição reúne obras de 12 artistas visuais da cena contemporânea nacional e internacional, como Ernesto Neto e Merce Cunningham. Entre esculturas, instalações e fotografias, os trabalhos são exibidos suspensos. Sesc Belenzinho. R. Pe. Adelino, 1.000, 2076-9700. Inauguração: 6ª (31). 10h/21h (dom. e fer., 10h/19h30; fecha 2ª). Grátis. Até 2/12.

Autor: Júlia Corrêa
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com